Vereador cobra promessas de obras em Aracruz

Segundo Celson Dias, durante a campanha política, há quatro anos, o prefeito Jones Cavaglieri prometeu que calçaria duas ruas do bairro Novo Irajá, e não cumpriu

0
26
O vereador Celson Silva Dias durante fala em sessão da Câmara de Aracruz. Foto: Reprodução/YouTube

Procurado pelas lideranças do bairro Novo Irajá, em Aracruz, o vereador Celson Silva Dias denunciou na Câmara a situação de abandono e descaso da prefeitura com aquela comunidade. Segundo ele, durante a campanha política, há quatro anos, o prefeito Jones Cavaglieri prometeu que calçaria duas ruas, e não cumpriu.

Celson Dias destacou que “a falta de calçamento dessas ruas é um problema muito sério e está deixando pessoas isoladas, pois são ladeiras escorregadias, que durante o período das chuvas não têm sequer acesso para ambulâncias”.

Segundo ele, com os esforços da comunidade, foi firmada uma parceria entre o município e a ArcelorMittal, para o fornecimento gratuito do REVSOL. “A nova promessa do Poder Executivo foi de que, como a comunidade de Novo Irajá apresentou essa solução para o município, fariam do local um modelo e referência da aplicação do produto para toda Aracruz”, disse.

Na última sessão do Legislativo, sem citar nomes, Celson Dias afirmou e publicou em sua página no Facebook, com este título: “SACANAGEM COM O POVO! Vereador pede, vereador implora, vereador fala, vereador cobra e o que acontece? Não faz… E por quê? Porque tem secretário fazendo politicagem na pasta, com a conivência do senhor prefeito!”.

Briga de secretários
No dia 13 de fevereiro, a secretária municipal de Saúde, Clenir Sani Avanza, protocolou uma notícia de fato no Ministério Público, encaminhada à promotora Mariana Peisino do Amaral, reclamando da falta do pagamento, pela secretaria municipal de Finanças, comandada por Zamir Rosalino, dos profissionais cedidos pelo Estado para atuarem no município. Segundo Clenir no documento, a secretaria de Finanças tem apresentado recusa em realizar o referido empenho e consequente pagamento, alegando uma série de objeções, que para ela, não são causas de impedimento, de acordo com o artigo 10 da Lei Complementar nº 101/2000.

O outro lado
A Prefeitura de Aracruz garante que as ruas do bairro Novo Irajá estavam no planejamento e continuam nele. Elas serão pavimentadas com o Revsol, só que, no momento, aguarda a chegada do material. De acordo com a secretaria de Transportes e Serviços Urbanos, a quantidade de Revsol prevista para janeiro e fevereiro deste ano ainda não foi liberada pela ArcelorMittal. Ao todo, 12 mil toneladas de Revsol já foram utilizadas em pavimentação de diversas ruas e avenidas do município. Em relação à desavença entre os secretários, até o fechamento da edição a resposta não tinha sido enviada pela administração.

PUBLICIDADE