Vandalismo destrói lixeiras em Aracruz

Das 1.350 papeleiras instaladas por iniciativa da SA Ambiental em pontos estratégicos da cidade, cerca de 620 foram furtadas ou depredadas

0
24
Contenedor de lixo de 1.100 litros foi totalmente destruído pelo fogo. Foto: Divulgação

Um contenedor de lixo de 1.100 litros instalado pela empresa SA Ambiental no bairro Cupido, em Aracruz, foi incendiado na última sexta-feira 10, vindo a prejudicar quem fazia uso do recurso para o descarte apropriado de resíduos domiciliares. Essa não é a primeira ação de vandalismo contra recipientes públicos de lixo na cidade. Das 1.350 papeleiras instaladas por iniciativa da SA Ambiental, incluindo as que compõem os kits de coleta seletiva, cerca de 620 foram furtadas ou depredadas, de acordo com levantamento da empresa.

“Infelizmente é uma realidade que dificulta o trabalho de limpeza em Aracruz. Sem as lixeiras, as pessoas responsáveis, que descartam seu lixo de forma regular, ficam prejudicadas. A média de uso desses recipientes varia de quatro a oito anos, mas o vandalismo reduz significativamente o tempo de vida do material. É importante ter consciência de que tanto as lixeiras como os contenedores são meios que temos disponibilizado para favorecer a organização e limpeza das comunidades. Por isso, é essencial não só conservar como também usar corretamente esses recursos coletivos”, frisa Renato Antunes, gerente operacional da SA Ambiental.

Sobre o contenedor incendiado no Cupido, a secretaria municipal de Serviços Urbanos reforça que o ato de vandalismo deixou os moradores sem um local específico para o descarte de lixo. Para minimizar o problema, tonéis foram disponibilizados para atendimento provisório, já que a prefeitura não possui contenedores para disponibilização nas comunidades. “Vandalismo é crime. O ato de danificar o bem alheio, de forma simples ou não, é tipificado pelo artigo 163 do Código Penal, ou seja, pode ter uma responsabilização cível ou criminal”, destacou a secretaria em nota.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui