União política viabiliza hospital na orla e Samu em Aracruz

Para definir os detalhes para a inauguração do hospital, que funcionará na unidade de saúde de Barra do Riacho, o presidente da Assembleia Legilsativa, deputado Erick Musso, se reuniu com o prefeito Jones Cavaglieri

0
29
Jones Cavaglieri e Erick Musso. Foto: Divulgação

Ajudando na luta do município de Aracruz contra a covid-19, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Erick Musso, conseguiu a liberação, com o governo estadual, de 10 respiradores que permitirão a abertura do primeiro hospital da orla, em Barra do Riacho. Musso tenta ainda a cessão de mais cinco mil testes para identificar os infectados e isolá-los para evitar a transmissão.

Para definir os detalhes para a inauguração do hospital, que funcionará na unidade de saúde de Barra do Riacho, Musso se reuniu com o prefeito Jones Cavaglieri, quando reafirmou que contraiu a covid-19 e se tratou exclusivamente no SUS, sendo atendido pela equipe multidisciplinar de saúde em Aracruz, destacando que o momento é de unir forças para combater a doença. “Não é hora de divergências e sim de união. Não é momento de fazer política, o momento é de olhar para as pessoas, salvar vidas” frisou.

O prefeito Jones Cavaglieri também acredita que a união de forças é o caminho para enfrentar a mais grave crise sanitária de todos os tempos e faz um apelo às lideranças da sociedade de Aracruz, pedindo mais apoio para enfrentar os desafios da pandemia. De acordo com Cavaglieri, um desses desafios, e que está prestes a ser concluído, é o hospital na orla. “Juntos somos mais forte e venceremos essa pandemia. O deputado Erick Musso, além de uma grande liderança, é um forte e importante aliado”, disse o prefeito.

No final de maio Erick Musso conseguiu habilitar, junto ao Governo do Estado, o primeiro hospital da orla aracruzense, e com a chegada dos respiradores, deve ser inaugurado em breve. A previsão é que o hospital tenha 37 leitos, que poderão atender pacientes com suspeitas da covid-19, dando suporte de retaguarda aos hospitais de referência do Estado. O hospital também viabilizará o acesso mais próximo da casa do cidadão que mora na região de abrangência da orla e permitirá respostas mais eficientes aos atendimentos de urgência e emergência.

Segundo o prefeito Jones Cavaglieri, esta união de esforço e determinação permitiu a implantação do Samu, na adequação que está sendo feita na Central de Ambulâncias, no centro, que funcionará 24 horas com equipes de profissionais: médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e condutores socorristas que atenderão às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, ginecologia obstétrica e saúde mental.

PUBLICIDADE