Uma motorista de caminhão na SA Ambiental

Motorista profissional há 15 anos, Marcela do Carmo Clemente conta com orgulho que a paixão por dirigir caminhão foi estimulada pelo irmão Fábio, que é carreteiro

0
108
Marcela do Carmo Clemente, única motorista de caminhão na SA Ambiental. Foto: Jasleon Humberto

É ao volante de um dos caminhões coletores e compactadores de resíduos da SA Ambiental, empresa responsável pelo serviço público de limpeza urbana em Aracruz, que trabalha, feliz, Marcela do Carmo Clemente. Motorista profissional há 15 anos, ela conta com orgulho que a paixão por dirigir caminhão foi estimulada pelo irmão Fábio, que é carreteiro.

Natural de Aracruz, Marcela lembra que teve a primeira oportunidade como motorista de veículos pesados em 2006. E embora já tenha experimentado a sensação de guiar ônibus e carreta, é na direção do caminhão que ela se sente plena e realizada. Nem mesmo a oportunidade de abrir o próprio negócio a afastou da profissão que diz exercer com maestria.

Marcela relata que quando percebem que é uma mulher ao volante do caminhão, todos ficam admirados. Foto: Jasleon Humberto

Hoje única motorista de caminhão na SA Ambiental, Marcela ressalta a importância da empresa em reconhecer que a mulher pode estar em qualquer profissão. “Quando recebi o convite, não pensei duas vezes. É fantástico quando o empregador tem um olhar mais empático para as mulheres aptas a ocupar funções majoritariamente masculinas. E isso acaba sendo um diferencial para a empresa”, salienta a profissional, acrescentando que “dirigir caminhão é uma experiência que poucas profissões podem proporcionar”.

Atuando na rota de coleta de resíduos da orla de Aracruz, Marcela do Carmo Clemente relata que quando percebem que é uma mulher ao volante do caminhão, todos ficam admirados. Segunda ela, em meio a olhares curiosos, sempre tem alguém incentivando e valorizando sua escolha profissional. Apoio que também vem da família e dos colegas de trabalho. “Minha família me apoia 100%, assim como os colegas de trabalho. O serviço que prestamos é puxado e se torna mais leve com o respeito e consideração que temos um pelo outro”, ressalta a motorista.

Valorização da mulher

As mulheres que atuam na área administrativa da SA Ambiental: Luma Pimentel (Meio Ambiente), Raiany Martins (Recursos Humanos), Ana Caroline (Financeiro), Karem Silva (Compras), Renata Cravo (Almoxarifado), Mariete Santos (Técnica em Segurança do Trabalho), Andréia Amorim (Recursos Humanos), Iara Pavesi (Contabilidade) e Keyla Carlesso (responsável pelo Financeiro e Recursos Humanos). Foto: Jasleon Humberto

Dos 300 atuais colaboradores da SA Ambiental, 99 são mulheres. Para a empresa, independentemente do gênero, todos devem ter as mesmas oportunidades de crescimento de acordo com sua competência. Não é por acaso que há presença feminina em praticamente todos os setores de lá, inclusive no operacional.

Gerente de operações da SA Ambiental, Renato Antunes, enfatiza que dentro da empresa, mulheres e homens recebem o mesmo salário para as mesmas funções e disputam palmo a palmo seu espaço. “Essa é uma demonstração de como a SA Ambiental acredita, valoriza e conta com a força feminina para seguir prestando serviços de qualidade”, disse.

Renato enfatiza ainda o fato de muitas mulheres ocuparem cargos de liderança na SA Ambiental, tanto na área administrativa quanto operacional. “Contamos com gestoras nos departamentos financeiros e de RH, além de técnicas e encarregadas de equipe. A presença de uma mulher na chefia ajuda a mostrar a outras colaboradoras como é possível avançar na carreira por meio do seu próprio trabalho”, avaliou o gerente de operações da empresa.

PUBLICIDADE