Três ex-alunas do CEA conseguem mais de 800 pontos na redação do Enem

Letícia Santana Lucas, Sabrina Efigênia de Morais e Maísa Mayara Almeida Lucas – obtiveram, respectivamente, notas de 960, 860 e 860 pontos na redação

0
51
Letícia Santana Lucas, Sabrina Efigênia de Morais e Maísa Mayara Almeida Lucas obtiveram, respectivamente, notas de 960, 860 e 860 pontos na redação do Enem 2021. Fotos: Divulgação/CEA

Nas últimas edições da Redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Centro Educacional de Aracruz (CEA) vem se destacando com notas acima da média nacional (588,74). No Enem 2021, três ex-alunas – Letícia Santana Lucas, Sabrina Efigênia de Morais e Maísa Mayara Almeida Lucas – obtiveram, respectivamente, notas de 960, 860 e 860 pontos na redação.

Letícia Santana Lucas, de 18 anos, alcançou 960 pontos/nota e foi aprovada em 4º lugar no curso de Ciências Biológicas da Ufes. Ela concluiu em 2021 o Ensino Médio e destaca: “A disciplina de Produção de Texto ajudou bastante no meu processo de aprendizagem para escrita da redação. Faço parte de um histórico escolar proveniente de escola pública. E, por isso, não tinha aulas específicas de redação. Foi quando, ao ingressar no CEA, que tive a oportunidade de aprender tudo sobre redação. Com a ajuda da professora de redação, ao receber os feedbacks após cada produção textual, eu anotava os meus erros no caderninho e todas as dicas que ela me dava. Com isso, consegui avançar. Sai de 400 pontos e atingi a nota 1.000 em umas de suas propostas de redação”.

Sabrina Efigênia de Morais, de 18 anos, também concluiu em 2021 o Ensino Médio no CEA. Para ela, foi uma alegria abrir o site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/Enem) para conferir a nota e ver que havia feito 860 pontos na redação: “Quando cheguei no CEA não sabia e nem tinha ideia de como escrever uma redação. Lembro até hoje que na minha primeira tentativa tirei zero. Porém, depois de três anos de Ensino Médio, em meio a pandemia, me dediquei em casa e na escola e foi aí que consegui crescer muito rápido”.

Em 2020, a estudante Maísa Mayara Almeida Lucas, de 19 anos, concluiu o Ensino Médio no CEA e conquistou, no ano seguinte, 860 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio. Atualmente, a ex-aluna do CEA aguarda o resultado do curso de Meteorologia na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ): “O Exame Nacional, sobretudo a redação, sempre traz muita pressão e dúvidas quanto à execução. Contudo, graças aos conhecimentos obtidos nas aulas de Produção de Texto pude organizar melhor os meus argumentos e ficar mais tranquila ao redigir a dissertação argumentativa”.

PUBLICIDADE