Suzano adquire 80 mil máscaras de costureiras e artesãos capixabas

Em uma primeira fase da iniciativa, a Suzano adquiriu 46 mil máscaras, no início deste mês. Com a nova aquisição, o volume foi elevado para 80 mil unidades para atender a demanda de 14 municípios

0
21
Foto: Ilustrativa/Divulgação

A Suzano está apoiando costureiras e artesãos capixabas na confecção de 80 mil máscaras de tecido. A iniciativa conta com a participação de aproximadamente 80 profissionais dos municípios de Aracruz, São Mateus, Conceição da Barra e Pedro Canário, dentre eles, costureiras de famílias apoiadas pelos projetos sociais da empresa e artesãos de associações independentes.

Em uma primeira fase da iniciativa, a Suzano adquiriu 46 mil máscaras, no início deste mês, destinadas às famílias de colaboradores que estão trabalhando presencialmente nas unidades e para grupos considerados prioritários por conta do maior risco de exposição ao novo coronavírus nas regiões em que atua.

Com a nova aquisição, o volume foi elevado para 80 mil unidades para atender a demanda de 14 municípios: Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Fundão, Ibiraçu, João Neiva, Serra, Viana, Conceição da Barra, Montanha, Pedro Canário, Pinheiros, São Mateus, Sooretama e Vila Valério.

No Brasil, a ação da empresa envolve 174 profissionais de cinco estados, responsáveis pela produção de 125,6 mil máscaras de tecido, todas de acordo com as normas de segurança preconizadas pelo Ministério da Saúde. Somando todos os estados com atuação da Suzano, as máscaras de tecido irão beneficiar aproximadamente 55 mil pessoas, sendo 39,2 mil colaboradores e familiares, 3,8 mil caminhoneiros, 1,6 mil integrantes de projetos sociais apoiados pela empresa e 10,7 mil pessoas de grupos considerados estratégicos.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui