Supermercados e distribuidoras de gás e água fechados nos finais de semana em Aracruz

0
63
Foto: Arquivo/Folha do Litoral

Pela primeira vez desde o início da pandemia do novo coronavírus, um decreto da Prefeitura de Aracruz mudou o horário de funcionamento dos estabelecimentos do setor supermercadista, que deixam de funcionar aos sábados, podendo abrir somente nos dias úteis, de 10h às 21h.

Com mais de 600 casos confirmados (incluindo curados e mortos) de covid-19 e cerca de 900 suspeitos, o município está com risco alto para a transmissão da doença numa classificação feita pelo Governo do Estado, o que levou a administração municipal a publicar na quarta-feira 24, o decreto n° 38.071, com medidas significativamente mais rígidas.

Distribuidoras de água mineral e gás de cozinha também passaram a funcionar em novo horário: 10h às 18h, de segunda a sexta-feira. Aos sábados, domingos e feriados, esses estabelecimentos não podem funcionar. O mesmo vale para borracharias e estabelecimentos que comercializem material médico-hospitalar ou produtos alimentícios, como açougues e hortifrutis. A exceção são as padarias, que agora funcionam regulamente de segunda a sexta-feira, e de 6h às 10h aos sábados, domingos e feriados.

Lanchonetes, pizzarias e restaurantes estão autorizados a utilizar a modalidade delivery, inclusive em finais de semana e feriados. Nos dias úteis, esses estabelecimentos só podem abrir ao público de 10h às 18h. A entrega em domicílio também é opção para bares, cafeterias, confeitarias, food trucks e congêneres, que ainda podem adotar o serviço de pronta entrega (um cliente por vez) até que tenham permissão para retomar integralmente suas atividades.

Barbearias, centros de estética, clínicas de fisioterapia, lojas de conveniência, oficinas mecânicas, salões de beleza e studios de pilates também podem funcionar regularmente, mas somente nos dias úteis. Na área comercial, o funcionamento regular diário fica liberado somente para clínicas médicas, odontológicas ou veterinárias; drogarias; farmácias; hotéis; pet shops e postos de combustíveis.

Ainda de acordo com o novo decreto, feiras livres voltaram a ser proibidas em Aracruz. Já o transporte público municipal deixa de operar aos sábados e domingos. Em relação ao comércio considerado não essencial, o funcionamento, inclusive das lojas situadas dentro do Shopping Oriundi, passou a ser entre 10h e 18h, somente em dias úteis.

VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS
De segunda a sexta-feira, seja presencialmente ou na modalidade de delivery, distribuidoras e lojas de conveniência só podem comercializar bebidas alcoólicas entre 10h e 18h. Aos sábados, domingos e feriados, a venda do produto fica vedada em qualquer horário, inclusive por delivery. Além disso, bebidas alcoólicas, independente do horário e dia da semana, não podem ser consumidas em restaurantes.

OUTRAS DETERMINAÇÕES OU SUSPENSÕES
Até o próximo dia 30 fica mantida em Aracruz a suspensão das atividades educacionais em todas as escolas e faculdades, seja da rede pública ou privada. Também está suspensa a visitação em unidades de conservação ambiental, bem como a realização de excursões de passeio e turismo em qualquer tipo de transporte coletivo. A proibição do funcionamento até o final deste mês estende-se às áreas de lazer em condomínios ou nos meios de hospedagem, bibliotecas, boates, casas de shows, cerimoniais, cinemas, clubes recreativos, espaços culturais, hotelzinhos, parques aquáticos e/ou de diversões, museus e teatros. A Praça Heraldo Barbosa Musso (Praça da Paz), os campos de futebol, os parques municipais e as quadras poliesportivas também não poderão abrir ao público. Em relação às praias, riachos e similares, o decreto municipal n° 38.071 restringiu a circulação e permanência em qualquer horário ou dia da semana, incluindo feriados. Quem descumprir as medidas ficará sujeito às sanções penais previstas no artigo 268 do Código Penal, sem prejuízo das sanções cíveis e administrativas. O recém-publicado decreto ainda determina que os moradores não realizem ou participem de churrascos, festas ou quaisquer outros encontros que possam gerar aglutinação de pessoas, inclusive confraternizações de amigos e eventos familiares.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui