Rogério Sarmenghi lança livro sobre Aracruz

Os exemplares do livro podem ser adquiridos no Oriundi Supermercados

0
121
Foto: Divulgação

O escritor Rogério Sarmenghi, membro fundador da Academia Aracruzense de Letras (Acal), lançou ontem 6, em live no Instagram, seu novo livro: “Aracruz, a urbe amada do poeta”. O título é uma homenagem ao maior poeta que o município já conheceu, Francisco Correia de Amorim, que tem, na publicação, uma breve biografia. Os exemplares do livro podem ser adquiridos no Oriundi Supermercados.

De acordo com o autor, o livro conta histórias da formação de Aracruz, do pioneirismo da Expedição Tabacchi que deu início à migração em massa de italianos para o Brasil; da formação do povo aracruzense; da transferência da sede municipal de Santa Cruz para a então Sauaçu, além da visita ilustre de Dom Pedro II.

Destaque também para a obra social e religiosa de Monsenhor Guilherme Schmitz, a implantação do Grupo Aracruz, a conquista do ‘Capixabão 2012’ pelo Esporte Clube Aracruz e as belezas naturais do município, como as praias e o rio Piraquê-açu. “Para mim, foi uma satisfação estudar mais sobre Aracruz e registrar fatos, muitos dos quais presenciei ao longo dos anos, para que a atual e as futuras gerações possam ter subsídios de nossa história para entender a nossa formação”, enfatizou Rogério Sarmenghi.

O autor ainda ressaltou que para os professores e estudantes, o livro será uma ótima ferramenta de pesquisa, pois apresenta o município de Aracruz e seus aspectos geográficos, culturais e econômicos, além de trazer datas e momentos históricos. Sua publicação foi possível por meio da Lei Aldir Blanc, de incentivo à cultura por conta da pandemia. Para ter acesso à verba, a prefeitura aderiu ao programa e criou uma lei própria regulando a participação dos projetos locais.

PUBLICIDADE