Republicanos ultrapassa meio milhão de filiados

0
73
Os deputados Erick Musso, Amaro Neto e Lorenzo Pazolini. Fotos: Divulgação

Com o compromisso de construir um legado para o Brasil com trabalho, planejamento e seriedade, o Republicanos tem mantido seu crescimento contínuo. É o que demonstram os dados internos do número de filiações, registrados no Sistema de Filiação Partidária (Filia) do TSE. A sigla saiu de 425.974 em outubro de 2019 e saltou para 597.637 filiados em abril de 2020. O partido tem como pré-candidatos a prefeito na Grande Vitória o deputado federal Amaro Neto (Serra) e o estadual Lorenzo Pazolini (Vitória).

O crescimento representa a variação positiva de 40,30%, com o registro de 171.663 novos filiados. O bom desempenho do partido no País também foi possível notar com a chegada de 49 novos prefeitos. Hoje, o Republicanos têm 155 gestores municipais em suas fileiras, frente aos 106 eleitos em 2016, um crescimento de 46,23%. Entre os nomes, está o prefeito Sergio Meneguelli, de Colatina.

Já o número de vereadores mais que dobrou, saindo de 1.618 para 2.636, o equivalente a 62,92% de crescimento. Foram 1.018 novos vereadores em todo o país, sendo 14 de capitais. Desde que participou da primeira eleição majoritária em 2006, o Republicanos já mostrava que tinha tudo para crescer. Em 2009, por exemplo, quatro anos depois da fundação, a legenda já contava com 193.699 filiados, o que já demonstrava a sua força política.

Atualmente com 31 deputados federais, 47 deputados estaduais (no Espírito Santo Erick Musso, presidente da Assembleia; e Lorenzo Pazolini), 2 distritais, 155 prefeitos e 2.636 vereadores, o partido está fortalecido e pronto para lançar pré-candidaturas a vereadores, vice-prefeitos e prefeitos nas eleições municipais deste ano. A meta, segundo o presidente Marcos Pereira, é visionária: o partido trabalha para eleger 3.000 vereadores e 500 prefeitos em todo o Brasil. Nas Eleições 2016, o partido já conseguiu bons números. Foram eleitos 106 prefeitos e 1.618 vereadores.

PUBLICIDADE