Registro expressivo de ocorrências de trânsito em Aracruz

A maioria das ocorrências, 100 ao todo, foram registradas no centro da cidade

0
163
Colisão frontal registrada na rodovia Luiz Theodoro Musso. Foto: Divulgação/5° BPM

Chama a atenção o número de ocorrências de trânsito registradas este ano em Aracruz. Foram 402 registros entre os meses de janeiro e novembro, sendo 268 acidentes sem vítimas, 137 com vítima parcial e sete com vítima fatal, de acordo com o relatório estatístico da Subseção de Trânsito do 5° Batalhão da Polícia Militar.

A maioria das ocorrências, 100 ao todo, foram registradas no centro da cidade. Destaque para o registro de colisões, sendo 53 sem vítimas e 22 com vítimas não fatal. Ainda no centro foram registrados 18 choques sem vítimas e três com vítima não fatal; um tombamento sem vítima e dois com vítima não fatal; e um atropelamento com vítima fatal.

Depois do centro de Aracruz, a zona rural – que compreende as rodovias ES-010 (Praia Grande x Vila do Riacho), ES-124 (Praia Grande x Santa Rosa x Guaraná), ES-257 (Ibiraçu x Barra do Sahy), ES-445 (Vila do Riacho x Guaraná) e ES-456 (Aracruz x Coqueiral) – é que concentra o maior número de registros de ocorrências de trânsito, 89 ao todo, sendo seis com vítimas fatais. Foram 37 colisões, 23 choques, 14 capotamentos, oito tombamentos, um atropelamento e outras seis ocorrências.

Buscando retirar das ruas aqueles que insistem em desrespeitar as leis de trânsito, o 5° Batalhão tem reforçado as blitzes de fiscalização em todas as regiões de Aracruz, onde de janeiro a novembro deste ano já foram lavrados 1.655 autos de infração.

O tenente Adilton Rangel chama a atenção para a responsabilidade do motorista. “É o motorista quem escolhe a maneira de dirigir seu automóvel ou motocicleta. É ele que escolhe se vai ou não respeitar os limites de velocidade, se vai ou não beber e dirigir, logo o motorista é o responsável por suas ações”, enfatizou.

Blitz na rodovia ES-010, em Putiri. Foto: Divulgação/5° BPM
PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui