Proprietários de terrenos baldios são notificados em Aracruz

A limpeza dos terrenos evita uma série de problemas, como o acúmulo de lixo, entulho e mato, que atraem insetos e roedores, podendo ser potenciais focos de doenças

0
294
Terrenos baldios ocupados por mato representam risco de proliferação de mosquitos. Foto: Divulgação

Como forma de prevenção e combate a diversas doenças e seus agentes transmissores, dentre elas a dengue, e evitar a proliferação de mosquitos, a Prefeitura de Aracruz está notificando os donos de terrenos baldios que não estão limpando seus lotes, muitos deles verdadeiros depósitos de lixo, com muito mato alto.

A limpeza dos terrenos evita uma série de problemas, como o acúmulo de lixo, entulho e mato, que atraem insetos e roedores, podendo ser potenciais focos de doenças. Segundo o prefeito Jones Cavaglieri, a intenção não é multar, mas sim, conscientizar. Antes de ser aplicada a multa, o proprietário é notificado para executar a limpeza.

Após ser notificado, o proprietário tem prazo estabelecido de acordo com a infração para limpar e construir muro ou cerca. “Caso contrário, terá que pagar multa, cujo valor dependerá do motivo da infração. Lembrando que aquele que fizer queimadas será multado como infração gravíssima, colocando em risco a saúde das pessoas e o meio ambiente”, acrescenta Francine Sousa, gerente de Limpeza Pública.

Francine alerta que qualquer espaço que acumule um pouco de água já é suficiente para gerar criadouros de larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. “Por isso, visando um planejamento da equipe de fiscalização, estamos mapeando todos os lotes baldios por bairro, de forma a notificar seus proprietários quanto à limpeza e cercamento para evitar problemas de saúde pública na localidade”, alerta Francine.

PUBLICIDADE