Projeto oferece destinação adequada de óleo vegetal usado

A iniciativa surgiu na intenção de apoiar a população, pois o Plano de Gestão de Resíduos Sólidos Municipal enfatiza que o morador é responsável pelo seu resíduo

0
20
Fotos: Divulgação/Prefeitura de Aracruz

Com o objetivo principal de proteger a qualidade dos recursos hídricos, evitando entupimentos das redes de esgoto e possibilitando a produção de sabão e biodiesel, o projeto “Óleo Sustentável” trabalha no auxílio aos moradores de Aracruz quanto à correta destinação do óleo vegetal usado.

O projeto surgiu na intenção de apoiar a população, pois o Plano de Gestão de Resíduos Sólidos Municipal enfatiza que o morador é responsável pelo seu resíduo. Quando a pessoa não for mais usar o óleo de cozinha, basta esperar ele esfriar, e com a ajuda de um funil colocá-lo em uma garrafa pet e fechá-la. Em seguida essa garrafa deve ser levada a um dos Pontos de Entrega Voluntária (PEV).

São três pontos de entrega na sede administrativa, além dos pontos nos apoios de Jacupemba, Guaraná, Vila do Riacho, Barra do Riacho, Barra do Sahy, Coqueiral, Santa Cruz e Santa Rosa. Na sede, o óleo usado pode ser entregue no Mercado Municipal Santo Cerri, de segunda a sexta-feira, de 8h às 16h, e aos sábados, de 6h às 14h, no pátio da secretaria de Transportes, e na fábrica de manilhas do bairro Itaputera, de segunda a sexta-feira, de 8h as 16h.

O projeto teve início com servidores públicos da prefeitura, quando foram distribuídos galões de 20 litros em cada secretaria para o depósito do óleo, que posteriormente foram levados ao ponto de entrega. Os galões também foram entregues no Conspar e na Casa do Cidadão, pois apenas um litro de óleo pode contaminar cerca de 25 mil litros de água.

PUBLICIDADE