Prefeitura de Aracruz promove ação e abriga as pessoas em situação de rua

A secretaria municipal de Desenvolvimento Social pede a compreensão dos vizinhos do imóvel locado, onde estão abrigados os moradores de rua, no bairro de Fátima

0
33
Ação ocorreu na rodoviária. Foto: Divulgação/PMA

A equipe de abordagem do Centro de Referência Especializada em Assistência Social (Creas) de Aracruz, sob a coordenação de Jane Garuzzi e Pedro Guimarães, promoveu uma ação junto às pessoas que se encontravam em situação de rua e que ocupavam os espaços da rodoviária. Elas receberam materiais de limpeza e foram encaminhadas a um imóvel localizado no Bairro de Fátima, cedido pelo município.

Cada um recebeu colchão, lençol, travesseiro, fronha, cobertor, chinelos e um kit de higiene e limpeza contendo sabonete, desodorante, creme dental, escova de dentes, papel higiênico, toalha de banho, vassoura, rodo, pano de chão, sabão em barra, sabão em pó, detergente e água sanitária.

Essas pessoas em situação de rua viviam no imóvel particular nas proximidades do Mercado Municipal, que foi demolido pela prefeitura, o que levou alguns moradores da cidade a questionar o destino desses moradores de rua. Desde o início da pandemia a prefeitura vem se empenhando em oferecer abrigo a essas pessoas, visando não só retirá-los das ruas, mas também como forma de evitar a contaminação e propagação entre eles da covid-19.

A secretaria municipal de Desenvolvimento Social alugou um imóvel no ano passado com o objetivo de abrigar essas pessoas, mas poucos se interessaram em morar no local. Com o homicídio ocorrido no interior do imóvel que foi demolido, eles perceberam que estão vulneráveis e aceitaram o benefício. Segundo informou a secretária Dileuza Marins Del Caro, os abrigados recebem diariamente três refeições (café da manhã, almoço e jantar).

Dileuza ressalta que a comunidade pode ajudar com a doação de outros alimentos, como frutas, biscoitos, pães e principalmente roupas masculinas e calçados. Muitos deles possuem apenas a roupa do corpo. As doações podem ser entregues na secretaria, de segunda a sexta-feira, de 7h às 17h. Os serviços voluntários também são bem-vindos, como corte de cabelo e barba. A secretária pede a compreensão dos vizinhos do imóvel locado, onde estão abrigados os moradores de rua.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui