Portocel promove movimento de enfrentamento à violência sexual

Com a rede de multiplicadores do movimento Agente do Bem formada, diversas iniciativas ocorrerão a partir de 2021

0
22
Portocel. Foto: Divulgação

Com o propósito de criar em Aracruz uma rede de pessoas preparadas para disseminar e atuar na prevenção e na mitigação de riscos da violência sexual contra crianças e adolescentes, o Portocel e a Childhood Brasil promoveram o primeiro ciclo de formação de multiplicadores do movimento Agente do Bem, iniciado em 2018.

Cerca de 25 participantes, entre colaboradores do Portocel, representantes de empresas parceiras e representantes de sindicatos vivenciaram três dias de sensibilização, orientação e direcionamentos sobre o que é abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, como lidar com a situação, como agir e onde denunciar as diferentes formas dessa perversa violação de direitos.

Coordenador administrativo do Portocel, Júlio César de Oliveira e Silva ressaltou que o projeto é especial pela nobreza e relevância de um tema carente de apoio no Brasil. “O Portocel sempre teve forte atuação na comunidade de seu entorno e com a implementação do movimento Agente do Bem, ampliamos nosso apoio e nosso desejo de sermos uma empresa que promove não só desenvolvimento, mas também a transformação social”, disse.

Com a rede de multiplicadores do movimento Agente do Bem formada, diversas iniciativas ocorrerão a partir de 2021, inclusive um webinar que vai promover um engajamento intersetorial entre comunidade, órgãos públicos e empresas privadas. “O movimento realizado pelo Portocel em Aracruz é um exemplo de que a atuação na prevenção e mitigação de riscos de uma empresa tem um grande potencial de impactar tanto seus colaboradores como fornecedores e a comunidade do entorno. Mais do que sensibilizar para uma das mais perversas violações de direitos humanos, o Portocel está investindo num legado no município onde opera”, pontuou a gerente de Programas e Relações Empresariais da Childhood Brasil, Eva Dengler.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui