Pesquisa FOLHA DO LITORAL/BRAND: empate técnico entre Alcântaro e Dr. Coutinho em Aracruz

A pesquisa encontra-se registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo ES-08862/2020

0
870
Alcântaro Filho tem 23,3% na estimulada. Dr. Coutinho vem em seguida, com 20,5%. Jones Cavaglieri é o terceiro, com 9,3%. Fotos: Divulgação

A primeira pesquisa FOLHA DO LITORAL/BRAND para prefeito de Aracruz, nas eleições municipais de 15 de novembro próximo, indica um empate técnico entre Alcântaro Filho (PSD) e Dr. Luiz Coutinho (Cidadania) nas menções estimulada e espontânea, dentro da margem de erro de quatro pontos para mais ou para menos. Alcântaro tem uma vantagem de 2,8% nas intenções de voto estimulado e de 1,8% na espontânea.

Quando o eleitor é perguntado: “sendo estes os candidatos registrados, se a eleição fosse hoje, em quem votaria?”, o vereador Alcântaro Filho tem 23,3% da preferência, vindo em seguida o médico e ex-vereador Luiz Carlos Coutinho (Cidadania), com 20,5%. O prefeito Jones Cavaglieri (Solidariedade) tem 9,3% das intenções de voto.

Ainda na pesquisa estimulada, o major Wallace Vieira (PRTB) aparece em quarto, com 6,5% dos votos, seguido de Evilasio Costa (PDT) com 3%, Paulo Neres (PSC) com 2,3% e Adilson Simão (PT) com 0,8%. Os eleitores que não sabem, não responderam e indecisos somam 20,3%. E aqueles que disseram que não votam em ninguém, branco ou nulo somam 13,8%, enquanto os que disseram que não irão votar são de 0,5%.

Os números, no momento, indicam uma eleição indefinida para a Prefeitura de Aracruz, pois o número de eleitores indecisos é muito alto na menção espontânea, quando os nomes dos candidatos não são citados, chegando a 64,8%, que somados aos votos brancos/nulos e os de quem não irá votar, totaliza 70,7%. Na menção estimulada, quando os nomes são citados, os indecisos somam 34,6%.

Menção espontânea

Quando a pesquisa é espontânea, com a pergunta: “se a eleição para prefeito de Aracruz fosse hoje, o/a Sr./a já teria um candidato para votar?”, o cenário aponta também empate técnico, com vantagem de Alcântaro com 10,3% das intenções de voto, Dr. Coutinho em segundo com 8,5% e o prefeito Jones Cavaglieri em terceiro com 4,8%. Em quarto aparece o major Wallace Vieira com 3,0%, seguido de Evilasio Costa com 2,0%, Adilson Simão com 0,8% e Paulo Neres com 0,3%. O percentual de quem não sabe, não respondeu e indecisos soma 66,8%. Os eleitores que disseram que não votam em ninguém, branco ou nulo são 3,1%.

METODOLOGIA UTILIZADA
A pesquisa telefônica, utilizada neste estudo, representa em sua amostra o total do eleitorado do município de Aracruz e foi realizada desta forma para evitar o contato pessoal entre pesquisadores e respondentes, garantindo a necessária segurança sanitária da população amostral. As entrevistas foram aplicadas por profissionais treinados para abordagens telefônicas e as ligações feitas para aparelhos celulares, utilizados por cerca de 90% da população. Foram ouvidos 400 moradores e eleitores residentes na área urbana, litorânea e rural, com 35 setores censitários agrupados em quatro regiões de coleta, entre os dias 2 e 6 de outubro. A margem de erro é de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos e a confiabilidade é de 95%.

PERFIL SOCIOECONÔMICO DOS ENTREVISTADOS
Dos 400 eleitores entrevistados pela Brand Pesquisas, 51% foram mulheres e 49% homens. Por faixa etária foram ouvidos 13,5% de 16 a 24 anos, 22,5% de 25 a 34 anos, 22,5% de 35 a 44 anos, 25% de 45 a 59 anos e 16,5% com mais de 60 anos, dos quais 25% têm o Ensino Fundamental, 42,5% o Médio, 23,3% o Superior e 6,3% com pós-graduação. Analfabetos e alfabetizados somam 2,3%.

LOCAIS DAS ENTREVISTAS
Foram 58% de entrevistas na sede (Centro, De Carli, Morobá, Paraíso, Polivalente, Segatto, Vila Rica, Guanabara, Guaxindiba, Limão, Planalto, São Marcos, Vila Nova, Bela Vista, Fátima, Jequitibá, Novo Jequitibá, Primavera, São Clemente e Sauaçu), 28,5% no Litoral (Caieiras Velha, Barra do Riacho, Barra do Sahy, Coqueiral, Itaparica, Mar Azul, Praia Formosa, Sauê, Santa Cruz e Vila do Riacho) e 13,5% na zona rural (Guaraná, Jacupemba, Nova Colatina, Recanto Feliz, Santa Rosa e São José).

REGISTRO NO TSE
A pesquisa em referência encontra-se registrada no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número ES-08862/2020, o que permite a divulgação de seus resultados em meios eletrônicos, digitais ou impressos a partir de 08 de outubro de 2020. As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do jornal FOLHA DO LITORAL.

Análise da pesquisa

No primeiro teste eleitoral, espontâneo e sem a apresentação dos nomes que estão na disputa, a pesquisa encontrou o seguinte cenário: o candidato Alcântaro (PSD) lidera com 10,3% da preferência dos eleitores, seguido por Dr. Coutinho (Cidadania) com 8,5% e pelo atual prefeito, candidato à reeleição, Jones Cavaglieri (Solidariedade) com 4,8%; depois aparecem Major Wallace Vieira (PRTB) com 3,0%, Evilasio Costa (PDT) com 2,0% e, fechando a lista, Adilson Simão (PT) e Paulo Neres (PSC) pontuando com 0,8% e 0,3% respectivamente. Os indecisos alcançam 64,8% do eleitorado e outros 3,1% disseram que vão votar nulo/branco ou não votarão em ninguém. Este cenário revela que A maioria dos eleitores ainda não se mostra interessada nas eleições de 15 de novembro.

Quando foi aplicada a pergunta com estimulação, oferecendo aos entrevistados a lista de nomes dos sete candidatos a prefeito registrados na Justiça Eleitoral, Alcântaro se mantém na liderança com 23,3% das intenções de voto, seguido por Dr. Coutinho com 20,5%; logo depois vem Jones com 9,3%, Major Wallace Vieira com 6,5% e Evilasio Costa com 3,0% das intenções de voto. Os candidatos Paulo Neres e Adilson Simão pontuam com 2,3% e 0,8%, respectivamente. Indecisos somam 18,8%, enquanto ninguém/branco e nulo chegam a 13,8%. Embora matematicamente à frente com vantagem absoluta de 2,8%, Alcântaro está tecnicamente empatado com Dr. Coutinho na margem de erro da pesquisa – que é de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos.

Quem mais cresce quando se estimula o eleitor são os candidatos que lideram a disputa no momento: Alcântaro ganha 13% a mais de eleitores e Dr. Coutinho vê sua intenção de voto crescer 12% em relação à menção espontânea. Na avaliação do analista-chefe da Brand, Lucas Margotto, já se pode perceber uma tendência de polarização entre esses dois candidatos na disputa pela vaga de prefeito de Aracruz.

No quesito rejeição o atual prefeito, Jones Cavaglieri, alcançou 41,8% da menção estimulada quando a pergunta apresentada era “Desta lista de candidatos a prefeito, em quem jamais votaria?”, sendo que os eleitores podiam escolher mais de um nome. Depois dele vem Alcântaro com 14,3%, seguido por Dr. Coutinho e Paulo Neres com 7,5% e 7,0%, respectivamente. Major Wallace (5,8%) e Evilasio Costa (5,3%) vêm na sequência, com Adilson Simão (4,5%) sendo o menos rejeitado; 24,3% dos respondentes não rejeitam nenhum candidato, enquanto 5,3% rejeitam todos e 9% não souberam responder à pergunta. Quase um terço dos eleitores que rejeitam Jones pretendem votar em Alcântaro, enquanto 25% deles escolheriam Dr. Coutinho, 10% votariam em Major Wallace Vieira e ouros 5% escolheriam Evilasio Costa.

Observação: nas perguntas que admitiam respostas de múltipla escolha houve inferência estatística (cálculo) sobre o número total de 400 entrevistas.

Comentários de Lucas Margotto, analista político especialista em eleições e analista-chefe da Brand Pesquisas

Os resultados desta primeira rodada de pesquisas BRAND/FOLHA DO LITORAL, num momento em que as campanhas começam a dar os primeiros passos e os eleitores ainda estão pouco informados sobre quem são e o que propõem os candidatos a prefeito, não é surpresa que 65% dos entrevistados estejam indecisos em quem vão votar. Se há alguma surpresa, por assim dizer, é o fato de um ex-vereador e um vereador em primeiro mandato liderarem a corrida eleitoral com uma vantagem significativa sobre o atual prefeito, acima da margem de erro da pesquisa: Alcântaro tem 14% de intenção de voto a mais que Jones e Dr. Coutinho abre 11,2% de frente para o prefeito. A realidade em outros municípios mostra prefeitos disputando a reeleição em boa situação, liderando as pesquisas e com grandes chances de vitória. Não parece ser o caso do incumbente em Aracruz, pois Jones aparece com 42% de rejeição enquanto seus principais concorrentes experimentam um desgaste eleitoral bem menor. Isso indica uma grande dificuldade para o prefeito-candidato se recuperar e virar o jogo, faltando menos de 40 dias para a eleição. Vai precisar de uma estratégia muito assertiva.

Quando analisamos os recortes da pesquisa nos estratos por região, vemos que Alcântaro está mais forte na Sede 2 (Bela Vista, Fátima, Jequitibá e seu entorno) e nos distritos/zona rural; Dr. Coutinho pontua acima da sua média no Litoral e Zona Rural, enquanto Jones é mais apreciado na Sede 1 (Centro, De Carli, Polivalente e seu entorno, Guanabara, Guaxindiba, Limão e o entorno). Major Wallace tem melhor desempenho no Rural, Paulo Neres e Adilson Simão no Litoral, enquanto Evilasio Costa quase dobra sua intenção de voto na Sede 1.

Embora esteja cedo para fazer afirmações, percebemos certo favoritismo se colocando para Alcântaro e Dr. Coutinho: estão empatados na margem de erro e bem à frente dos demais concorrentes, superando o atual prefeito e a força da ‘máquina administrativa’. Mas há espaço para outros concorrentes chegarem no pelotão de cima, especialmente Major Wallace e Evilasio Costa, que possuem baixa rejeição e também são novidade nesta eleição. Paulo Neres e Adilson Simão terão mais dificuldade para mobilizar eleitores, até porque sua rejeição supera a taxa de intenção de votos. A conferir, mas tudo caminha para uma disputa emocionante, especialmente no âmbito das redes sociais e nos debates entre os candidatos, se houver, que serão os meios de informação mais utilizados pelos eleitores de Aracruz para conhecer os candidatos e suas propostas para, a partir daí, decidir seu voto e o futuro desta bela cidade.

Metodologia

A pesquisa BRAND/FOLHA DO LITORAL entrevistou, por telefone, 400 eleitores residentes em Aracruz, maiores de 16 anos, entre os dias 02 e 06 de outubro. A margem de erro estimada é de 4,9% em um intervalo de confiança de 95%. O plano amostral foi elaborado pela estatística Miriam Aparecida Ignácio de Almeida, profissional com registro no CONRE 6ª Região. A pesquisa encontra-se registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo ES-08862/2020. Foram entrevistados 49% de eleitores do sexo masculino e 51% do sexo feminino. Em relação às faixas etárias, 70% da amostra contemplou eleitores com idades entre 25 e 59 anos, enquanto 13% eram jovens dos 16 aos 24 anos e 17% dos entrevistados tinham mais de 60 anos. Na distribuição geográfica, por região de moradia, a pesquisa alcançou 59% de moradores da sede, 28% do litoral e arredores, e 13% da zona rural de Aracruz. De acordo com o Instituto Brand, a pesquisa telefônica representa em sua amostra o total do eleitorado do município e foi realizada desta forma para evitar o contato pessoal entre pesquisadores e respondentes, respeitando o distanciamento social e os protocolos sanitários definidos pelas autoridades de saúde. As entrevistas foram aplicadas por entrevistadores treinados para abordagens telefônicas e as ligações feitas para aparelhos celulares, utilizados por aproximadamente 90% da população.

Brand Pesquisas

O Instituto tem sede em Vitória e atua no mercado nacional há 14 anos, monitorando eleições gerais e municipais desde 2006, tendo executado mais de 350 pesquisas de opinião nesse período.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui