Novo coronavírus: risco de transmissão segue moderado em Aracruz

Situação atual do município no Mapa de Gestão de Risco do Governo do Estado não é motivo para relaxamento nos cuidados de prevenção

0
118
Foto: Divulgação/Prefeitura de Aracruz

Pela segunda semana consecutiva, Aracruz está entre os municípios capixabas com risco moderado para transmissão do novo coronavírus. A cidade chegou a ficar quatro semanas consecutivas com risco alto no mapeamento que é atualizado semanalmente pelo Governo do Estado. O 17° Mapa da Gestão de Risco para ações qualificadas de enfrentamento à covid-19 (veja mais abaixo), com vigência entre os dias 10 e 16 de agosto, traz 12 municípios com risco baixo, 54 com risco moderado e outros 12 com risco alto.

O fato do risco de transmissão do novo coronavírus em Aracruz seguir moderado não é motivo para relaxamento nos cuidados de prevenção. Até porque o município, que soma quase 60 óbitos, segue registrando diariamente casos confirmados da covid-19, de acordo com os últimos boletins divulgados pela secretaria municipal de Saúde.

Wagner José Elias Carmo, procurador-geral do município, reforça que “estar no risco moderado significa manter a atenção e a vigilância no combate à pandemia e também significa manter a regularidade da atividade comercial. Para que a cidade possa continuar a crescer e a controlar a pandemia, o cidadão aracruzense deve evitar ações que possam disseminar o novo coronavírus”.

Entretanto, nas ruas bastante gente deixou de circular com máscara de proteção facial e as marcações no chão para delimitar a distância mínima entre as pessoas deixaram de ser respeitadas em filas de casas lotéricas e correspondentes bancários, por exemplo. No comércio, o uso de álcool 70% para higienização das mãos por clientes é cena frequente somente nos poucos estabelecimentos onde ainda há controle de acesso. Há ainda os que ignoram completamente a pandemia e risco de contaminação ao jogar futebol em campinho de areia.

A Prefeitura de Aracruz, em nota, reforça a recomendação de que, sempre que for possível, as pessoas evitem sair e, quando for preciso, não fiquem em locais cheios e fechados. O indicado é sempre evitar aglomerações. Fora de casa, é primordial tentar manter pelo menos 1,5m de distância das demais pessoas. Esta medida diminui os riscos de infecção e, consequentemente, de propagação do novo coronavírus, evitando que o município volte a ser classificado com risco alto de transmissão.

 

Ver essa foto no Instagram

 

O Governo do Estado anunciou o 17º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (10) e o domingo (16). Ao todo, 12 municípios capixabas estão classificados em Risco Baixo, outros 54 estão em Risco Moderado e 12 em Risco Alto. ⠀ O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo. As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos. ⠀ Veja a classificação completa em es.gov.br (link direto nos stories) #GovernoES #MapadeRisco #UmPactoPelaVida #Coronavirus #covid19 #GestãoDeRisco #MatrizdeRisco #EspiritoSanto #ES #UseMascara

Uma publicação compartilhada por Governo do Espírito Santo (@governo_es) em

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui