Nove profissionais de saúde contraíram a Covid-19 em Aracruz

O número de casos confirmados preocupa a categoria que atua na linha de frente do combate à Covid-19

0
1374
Foto ilustrativa/Divulgação

Em Aracruz, até ontem (07), nove profissionais da área da saúde – todos sem doenças pré-existentes, também chamadas de comorbidades – haviam testado positivo para a doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2. De acordo com o Painel Covid-19, do Governo do Estado, trata-se de seis mulheres e três homens com idades entre 20 e 49 anos. A maioria reside na sede do município. Quatro mulheres e um homem já estão clinicamente curados.

A primeira suspeita de infecção ocorreu no último dia 30 de março, quando o primeiro profissional de saúde fez o teste de biologia molecular RT-PCR. Os outros cinco foram testados entre os dias 17 e 29 de abril. Dos nove infectados, seis apresentaram febre, cinco tiveram tosse e dois sentiram dificuldade respiratória.

O número de casos confirmados preocupa a categoria que atua na linha de frente do combate à Covid-19. Tanto o Hospital São Camilo quanto a secretaria municipal de Saúde garantem que estão fornecendo Equipamentos Individuais de Proteção (EPIs) para todos os profissionais de saúde, que também passaram por capacitação diante da pandemia do novo coronavírus.

Fundão, Ibiraçu e João Neiva
A Covid-19 também infectou profissionais de saúde que residem em outros três municípios da região. Em Fundão, três mulheres e um homem com idade entre 30 e 59 anos testaram positivo para a doença. Duas mulheres estão clinicamente curadas. Em Ibiraçu, foram infectados uma mulher com idade entre 20 e 29 anos e um homem que tem entre 30 e 39 anos. Ele segue em recuperação e ela já está curada. Já em João Neiva, uma mulher que tem entre 20 e 29 anos de idade está curada. Os dados são referentes a atualização de ontem (7) do Painel Covid-19.

Espírito Santo
Em todo Estado, até ontem (7), 1.244 profissionais de saúde (924 mulheres e 320 homens, a maioria com idade entre 30 e 39 anos de idade) foram infectados pela Covid-19. Do total, 495 estão curados, 747 seguem em recuperação e dois vieram a óbito.

PUBLICIDADE