Movimento criativo quer unir os cidadãos de Vitória

Ação coletiva o bem da Capital do Espírito Santo

0
23
O candidato a prefeito de Vitória, Delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos). Foto: Divulgação

Um movimento interativo de toda uma cidade e com a participação de todos os cidadãos. Essa é a concepção da campanha “Paz e Igualdade”, do candidato a prefeito de Vitória, Delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos). Gestos, palavras, conceitos e ideias fazem toda a diferença nessa ação coletiva que visa o bem da Capital do Espírito Santo.

Em cada recurso de comunicação, a campanha tem como missão entrar no dia a dia da população por meio de elementos que passem dinâmica e união. Durante um momento no qual abraços são evitados, por conta da pandemia, um gesto une todos os cantos de Vitória: o Toque da Paz, simbolizado por um toque com as mãos fechadas.

A importância do Toque da Paz consegue simbolizar a retomada da conexão perdida entre as pessoas durante o período de isolamento social. Além disso, traz o respeito e a proteção necessários para uma campanha segura e limpa.

As premissas das cores, dos designs e das artes, de uma maneira geral, têm como base a retórica do filósofo grego Aristóteles (384 a.C. – 322 a.C.), que defende a arte de usar uma linguagem para comunicar de forma eficaz e persuasiva. Assim, três conceitos são fundamentais: o “ethos”, então, trabalha no caráter, enquanto o “pathos” dialoga com a emoção e o “logos” conclui pela lógica.

PUBLICIDADE