Morre em Linhares o ex-deputado Armando Viola

Viola foi também deputado federal

0
141
Viola tinha 76 anos e faleceu em um hospital de Linhares

Morreu na madrugada desta terça-feira 08 o ex-deputado estadual e ex-prefeito de Baixo Guandu, Armando Batista Viola, 76 anos. O político estava internado em um hospital de Linhares por causa de infecção urinária e com diagnóstico confirmado de covid-19.

Viola foi deputado estadual pelo PMDB por dois mandatos consecutivos: 1983/1987 e 1987/1991 (constituinte). Professor e advogado, presidiu por dois períodos a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa. Entre 1985 e 1986 ocupou a função de 1º vice-presidente da Mesa Diretora. No biênio 1989/1990 foi 2º secretário da Mesa. Na Assembleia também trabalhou como procurador de 1992 a 1993. Entre fevereiro de 1997 e janeiro de 1999, foi diretor-geral da Casa.

Armando Batista Viola entrou para a política com 24 anos, como vereador de Baixo Guandu (1967-1971). Foi prefeito da cidade entre 1971 e 1973. Após os mandatos no Legislativo estadual na década de reabertura da democracia, Viola também foi deputado federal entre 1993 e 1995. Sua vida política, em grande parte, foi em Linhares, onde exerceu cargos na gestão do prefeito Samuel Batista Cruz.

O presidente da Assembleia, deputado Erick Musso (Republicanos), lamentou em suas redes sociais a morte do ex-deputado. “É com tristeza que recebi a notícia do falecimento do ex-deputado Armando Viola. Mais uma vítima da covid-19. Iniciou carreira política em Baixo Guandu como vereador, foi prefeito do município e deputado estadual por dois mandatos. Que Deus conforte a família!”, diz a nota.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui