Mel 100% capixaba é destaque na Feira Sabores da Terra

O evento, de 29 de julho a 1º de agosto, será na Praça do Papa, em Vitória, reunindo opções de mel com pimenta, macadâmia, alecrim, gengibre e manjericão, além da versão tradicional

0
17
Foto Ilustrativa: Divulgação

O setor de apicultura tem se destacado no Espírito Santo como uma significativa fonte de renda para as famílias capixabas. A produção anual de mel no Estado gira em torno de 1.000 toneladas por ano, segundo dados do Incaper. Para alavancar as vendas, além da versão tradicional, produtores capixabas investem em opções como mel com pimenta, macadâmia, alecrim, gengibre e manjericão. Esses e diversos outros produtos estarão disponíveis na Feira Sabores da Terra, de 29 de julho a 1º de agosto, na Praça do Papa, em Vitória.

Para Ademir Dadalto, coordenador do evento, que terá entrada gratuita, a Feira é uma oportunidade para que o público conheça as potencialidades dos produtos 100% capixabas. “Produtores irão expor novidades de suas produções de mel, além das opções tradicionais. Além dessas, outras inúmeras delícias de todas as regiões do Estado estarão disponíveis para compra. Ou seja, os visitantes terão a chance de conhecer e experimentar as riquezas do interior capixaba, sem sair da capital”, ressalta.

O Estado tem a maior produção de mel de abelhas sem ferrão – meliponicultura – em comunidades indígenas da América do Sul. A delícia exclusivamente capixaba é produzida na região de Aracruz e visa resgatar práticas típicas dos indígenas, além de fortalecer a geração de renda. De acordo com a Associação dos Meliponicultores do Espírito Santo (AMES-ES), cerca de 600 pessoas se dedicam à criação dessa espécie no Estado. Chamado de “mel gourmet”, é feito por abelhas nativas do Brasil e tem como principais características ser mais líquido e ácido, com 10% a menos de açúcar em comparação ao mel tradicional.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui