Marcus Vicente é reeleito vice-presidente da CBF para mais quatro anos

Marcus Vicente é natural de Ibiraçu e está agora no seu quarto mandato como vice-presidente da CBF

0
82
Presidente da CBF pelos próximos quatro anos, Ednaldo Rodrigues terá a companhia de oito vice-presidentes no comando da entidade: Fernando Sarney, Reinaldo Carneiro Bastos, Hélio Cury, Antônio Aquino Lopes, Ednaldo Rodrigues, Marcus Vicente, Roberto Góes, Francisco Noveletto e Rubens Lopes.(Foto Lucas Figueiredo/CBF)

Eleito presidente da CBF na quarta-feira 23, Ednaldo Rodrigues comandará a entidade até março de 2026. Neste período, o Conselho de Administração da entidade será formado por oito vice-presidentes, que compuseram a chapa “Pacificação e Purificação do Futebol Brasileiro“, vencedora do pleito, e que tem o capixaba Marcus Vicente, ex-deputado federal e atual secretário estadual de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, ao lado de Antônio Aquino Lopes, Fernando Sarney, Francisco Noveletto, Hélio Cury, Reinaldo Carneiro Bastos, Roberto Góes e o ex-presidente da Federação Carioca de Futebol, Rubens Lopes.

Marcus Vicente é natural de Ibiraçu e está no seu terceiro mandato como vice-presidente da CBF. Representante da Região Sudeste na chapa que venceu o pleito em 2015, ele chegou a presidir a CBF interinamente no início de 2016. “O Ednaldo é oriundo das federações e dos clubes, ele vem com essa nova versão, para fortalecer os estaduais, as categorias de base, o futebol feminino. Dar eficiência à CBF, mais qualidade no serviço que a gente empresta de fomentar o futebol brasileiro, fortalecendo a Copa do Brasil, os campeonatos brasileiros, a base e o futebol feminino. A base que o Ednaldo tem, de clube e federação, coloca ele num patamar de poder dirigir bem e dar um salto de qualidade no futebol brasileiro“, analisou Marcus Vicente.

PUBLICIDADE