Márcio Antônio Borba e Alcemir José de Bruym: aracruzenses ilustres

A trajetória deles se resume na mensagem de que tudo é possível

0
75
Márcio Antônio Borba e Alcemir José de Bruym. Fotos: Arquivo Pessoal

Como costuma fazer, o jornal FOLHA DO LITORAL comemora o aniversário de emancipação política de Aracruz homenageando dois ilustres moradores. Ambos aracruzenses de coração: o cachoeirense Alcemir José de Bruym, conhecido popularmente como Dentinho, e o telêmaco-borbense Márcio Antônio Borba chegaram a trabalho ao município onde hoje são geradores de empregos e renda. A trajetória deles se resume na mensagem de que tudo é possível.


ALCEMIR JOSÉ DE BRUYM

Filho de lavradores, Alcemir José de Bruym, conhecido popularmente como Dentinho, é natural de Cachoeiro de Itapemirim (ES) e em Aracruz, onde vive há 38 anos, é reconhecido como um dos principais empreendedores do setor de autopeças. Lojista tradicional na cidade, ele diz que não deseja nada menos do que igualdade e prosperidade para o lugar que escolheu para viver e empreender.

Dentinho conta que trabalha com autopeças desde os 14 anos de idade, quando teve a primeira oportunidade, ainda na cidade de origem. Também atuou profissionalmente em Vitória, até que, em 1983, chegou a Aracruz como funcionário de uma loja. Ficou no emprego por sete anos, até resolver tocar o próprio empreendimento: a Dentinho Autopeças, hoje administrada por ele, além da esposa Elizabeth e dos dois filhos do casal: Bruno e Samira.

Avô da Ana e da Stephany (filhas do Bruno), Dentinho quase desistiu de empreender em duas ocasiões. A primeira, quando ainda era funcionário de uma loja de autopeças e discutiu com o patrão ao ponto de querer deixar Aracruz e regressar para Vitória, e a segunda, foi entre 1996 e 1998, quando enfrentou uma forte crise financeira. O empresário, contudo, driblou as adversidades, e hoje, realizado, olha para trás, vê o que passou e se motiva muito.

Obstinado, Dentinho, que deve anunciar em breve a ampliação do seu empreendimento a fim de proporcionar maior conforto e comodidade aos seus clientes, é um exemplo de que vale a pena sonhar, batalhar pela concretização desses sonhos e nunca abrir mão deles.

Ex-presidente, por dois mandatos, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Aracruz e atual presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio (Sindilojas) da cidade, Dentinho, vale destacar, sempre defendeu ações e iniciativas em favor do fortalecimento das atividades e das categorias econômicas do comércio local. Afinal, se o comércio é forte, o município é forte.


MÁRCIO ANTÔNIO BORBA

Aracruzense de coração, o empresário Márcio Antônio Borba, natural de Telêmaco Borba (PR), reside no bairro Coqueiral há 31 anos e não se vê morando em outra cidade. Aracruz também é o lugar que ele escolheu para empreender e gerar empregos. O município, inclusive, dá nome à empresa da qual é sócio, a PQA – Produtos Químicos Aracruz Ltda.

Profissional da indústria, Márcio morava em Curitiba (PR) com a esposa Carmem e o primogênito Juliano quando, em 1990, um ex-chefe o convidou para trabalhar na Aracruz Celulose (ex-Fibria e hoje Suzano). Ele conta que chegou ao município com a intenção de ficar por cerca de cinco anos, mas os planos mudaram quando ele se pegou apaixonado pela nova morada, onde mais tarde também viu, orgulhoso, a filha Mariana crescer.

Quando Márcio e outros três colegas decidiram deixar a Aracruz Celulose em 1999, eles montaram a PQA, que desde então atua na prestação de serviços, com soluções ágeis e inteligentes, de acordo com a necessidade de cada cliente, distribuindo uma linha de produtos químicos de alta qualidade.

Hoje, depois de atuar nas áreas administrativa e financeira, Márcio é diretor de operações na PQA, que a partir da fusão com um grupo empresarial da Bahia, além de Aracruz, onde fica sua matriz, passou a ter presença em Jaboatão dos Guararapes (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Leopoldo (RS) e São Paulo (SP).

Bem realizado profissionalmente e com orgulho de sua trajetória até aqui, Márcio Borba se sente entusiasmado para seguir gerando empregos em Aracruz, sobretudo para os jovens, a quem ele defende oportunidade e capacitação. Em breve, o empresário quer consolidar uma nova empresa, desta vez voltada para o tratamento de água, reafirmando, assim, o lugar que escolheu para viver e empreender como uma “terra de oportunidades”.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui