Norte do Estado entra em alerta com possível chegada das manchas de óleo

A fonte poluidora é desconhecida e está preocupando ambientalistas do Espírito Santo desde que chegaram ao Sul da Bahia

0
21
Limpeza das manchas de óleo em praia do Nordeste. Foto: Divulgação

Primeiro a tragédia com a lama da barragem de Mariana, em Minas gerais, e agora uma nova e grave ameaça ao meio ambiente das praias do Norte do Estado, com a provável chegada das manchas de óleo em Conceição da Barra, prevista para esta semana, e em poucas semanas atingindo São Mateus, Linhares e Aracruz, o que coloca em risco o verão 2020 e ameaça de prejuízo aos comerciantes.

É torcer para o que dizem alguns ambientalistas, que se chegar ao Estado, as manchas de óleo devem estar menores. A fonte poluidora é desconhecida e está preocupando ambientalistas do Espírito Santo desde que chegaram ao Sul da Bahia, sendo detectadas em Mucuri, na divisa com o Espírito Santo.

As correntes marítimas podem empurrar o óleo para o litoral capixaba, como já adiantou o pesquisador Hudson Pinheiro, ligado ao Programa de pós-graduação em Oceanografia Ambiental da Ufes. A analista ambiental do Projeto Tamar e ICMBio, Gabriela Tiradentes Pizeta, afirma que se o petróleo atingir o Estado, a mancha deve chegar menor.

Em Aracruz foi aberto o cadastro de voluntários para ajudar na limpeza das praias, caso óleo chegue ao município. A ação é parte do Plano de Contingência e Emergência que começou a ser traçado após a instalação do Gabinete de Crise. Os cadastrados passarão por uma triagem que será feita pela equipe da secretaria municipal de Meio Ambiente. Os voluntários selecionados passarão por uma capacitação, os quais serão previamente comunicados. Quando acionados, também receberão equipamentos de proteção individual. Para mais informações ou tirar dúvidas, entre em contato pelo número 3270-7067.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui