Inscrições de Edital de Proteção Social da Renova terminam em 9 de abril

O objetivo é o de selecionar e apoiar projetos inéditos ou iniciativas já existentes apresentadas por instituições da rede de Proteção Social e outras entidades que tangenciam a assistência social em municípios do Espírito Santo e de Minas Gerais impactados pelo rompimento da barragem de Fundão

0
22
Foto: Divulgação

As inscrições para o Edital de Proteção Social da Fundação Renova poderão ser feitas até o dia 9 de abril próximo, apenas nos sites www.fundacaorenova.org e www.prosas.com.br. A iniciativa visa o atendimento e acompanhamento da população vulnerável, indivíduos e famílias atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), por meio de ações socioassistenciais, socioculturais e apoio psicossocial, com o foco na promoção e valorização de vínculos familiares e comunitários.

O objetivo é o de selecionar e apoiar projetos inéditos ou iniciativas já existentes apresentadas por instituições da rede de Proteção Social e outras entidades que tangenciam a assistência social em municípios do Espírito Santo e de Minas Gerais impactados pelo rompimento da barragem. O Edital destinará R$ 9,5 milhões, de forma a garantir uma faixa de investimento por município, levando em consideração as especificidades dos municípios/territórios quanto às famílias vulneráveis atingidas.

Ao todo, são 11 municípios, sendo 7 em Minas Gerais: Aimorés, Belo Oriente, Galileia, Governador Valadares, Resplendor, São José do Goiabal e Tumiritinga; e 4 no Espírito Santo: Aracruz, Baixo Guandu, Colatina e Sooretama (Patrimônio da Lagoa). De acordo com a coordenadora do Programa de Proteção Social, Priscila Ohira, serão apoiados projetos com prazo de execução de 24 meses.

PUBLICIDADE