Imetame e EnP levam blocos de petróleo em Linhares

O certame colocava em oferta áreas onshore e também offshore (no mar) no município de Linhares.

0
124
EnP e Imetame vão agora trabalhar na reativação de 29 poços do campo, com o objetivo de aumentar a produção para 700 barris/dia de óleo

As empresas Imetame e EnP Energia Platform compraram blocos de exploração de petróleo em terra, no Espírito Santo, em leilão realizado hoje 04 pela Agência Nacional de Petróleo (ANP). O certame colocava em oferta áreas onshore e também offshore (no mar) no município de Linhares.

A Petrobras anunciou em outubro que vendeu por US$ 10,84 milhões os campos de Lagoa Parda, Lagoa Parda Norte e Lagoa Piabanha, em Linhares, para a Imetame. Nos oito primeiros meses de 2020 os três campos produziram  113,5 barris de óleo por dia (bpd) e 1,7 mil m³/dia de gás natural.

EnP e Imetame vão agora trabalhar na reativação de 29 poços do campo, com o objetivo de aumentar a produção para 700 barris/dia de óleo. Junto com os campos foi adquirida a Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) Lagoa Parda, com capacidade de 1,25 milhão de m³/dia, e uma Estação de Tratamento de Líquidos com capacidade de 25 mil barris diários. As empresas pretendem reativar a UPGN e abrir o acesso para terceiros.

A EnP e Imetame devem realizar ainda em 2020 a campanha de perfuração do prospecto Sintonia, localizado no bloco ES-T-441. Para o próximo ano estão previstas a perfuração de outros três poços exploratórios na região. Em setembro, a Imetame encaminhou à ANP o Plano de Avaliação da Descoberta Vida, feita a partir da perfuração do poço 1-VID-1-ES (VIDA), localizado no bloco ES-T-487.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui