Imetame dará início às obras do porto

As obras do porto começam na próxima segunda-feira 21

0
526
Como ato simbólico do início da construção dos quebra-mares, foram colocadas no mar duas grandes pedras, uma lançada pelo fundador da Imetame, Etore Cavallieri, e outra pelo governador Renato Casagrande

Aconteceu no sábado 19 uma cerimônia restrita a colaboradores veteranos e poucos convidados em agradecimento e celebração pelo empreendimento da Imetame Logística Porto, sendo um marco para o início das obras do porto na próxima segunda-feira 21. Estiveram presentes o governador do Estado, Renato Casagrande; e o prefeito de Aracruz, Dr. Luiz Carlos Coutinho.

Para o fundador do Grupo Imetame, Etore Cavallieri, foi um dia muito especial e a realização de um sonho: “O Porto é sonho meu, do meu pai e dos nossos colaboradores. Hoje é um dia de ação de graças a Deus por nos permitir sonhar e realizar. Fazemos o que fazemos por amor e com amor, procurando sempre fazer o bem para as pessoas e para o mundo”.

O evento teve início às 10h com uma celebração religiosa e seguiu com momentos de agradecimentos e homenagens, dentre elas a representantes indígenas. E como ato simbólico do início da construção dos quebra-mares, foram colocadas no mar duas grandes pedras, uma lançada pelo fundador da Imetame, Etore Cavallieri, e outra pelo governador Renato Casagrande.

A Imetame é uma empresa que orgulha muito todos nós capixabas. A gente viu o crescimento da empresa para chegar hoje com cinco mil colaboradores, é uma empresa de Aracruz, capixaba, e que está presente com muita competência e eficiência no Brasil todo. Hoje é marco para a empresa, nasce o porto, a Imetame Logística Porto, que para nós é fundamental, porque além de estar crescendo e consolidando o trabalho da empresa, com este investimento da Imetame estamos tornando o nosso Estado mais competitivo, gerando mais oportunidades, inserindo o Espírito Santo em um cenário nacional e internacional. É uma empresa grande, bem posicionada no Brasil, que tem uma visão muita clara sobre desenvolvimento e geração de oportunidades. Parabéns à Imetame e a todos os seus colaboradores”, concluiu o governador.

A obra

Com a assinatura do aditivo do contrato de adesão da secretaria de Portos (SEP), que inclui o cronograma de obras aprovado pela ANTAC, e a autorização da secretaria de Patrimônio da União (SPU), ocorrida no dia 08 de junho, a Imetame pode iniciar as obras marítimas com a construção dos quebra-mares.

O transporte das rochas a serem usadas nesta construção foi iniciado. As pedras estruturais para os quebra-mares são extraídas da própria pedreira da Imetame, localizada em Córrego das Pedras, área rural de Aracruz. Já foi realizado a terraplanagem da área, a aquisição de equipamentos e todo preparativo para início das obras do porto.

A previsão é de que as obras de instalação do empreendimento aconteçam ao longo de três anos, e nesse período serão criadas novas oportunidades de trabalho. Estima-se que, no momento de pico das atividades, haverá cerca de 650 vagas diretas no canteiro de obras. Por enquanto, as obras estão em fase inicial e as vagas serão divulgadas à medida em que surja cada oportunidade. As vagas serão comunicadas através do Sine Aracruz e pelos canais de comunicação da Imetame Logística Porto.

Sobre o porto

O empreendimento, com investimento na ordem de R$ 1,7 bilhão, tem como conceito um Complexo de Terminais Privados modelado para atender os mais diversos setores produtivos, oferecendo terminais especializados para diferentes tipos de cargas, como contêineres, carga geral e grãos. Com profundidade de 17 metros, o Complexo Portuário poderá receber navios de longo curso, com calado de até 16,5 metros, permitindo a operação segura de navios de grande porte, que hoje ainda não operam de forma eficiente no Brasil. A localização estratégica fortalece o empreendimento como uma excelente solução logística portuária, que está às margens da rodovia ES-010, a menos de 80 km de Vitória. O porto terá uma conexão ferroviária a 3 km com a Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM). Próximo a diversas outras rodovias, incluindo a BR-101, o Complexo Portuário está ao lado de uma área de 5 milhões de m² com vocação para implantação de uma plataforma logística e industrial.

(Com informações da Assessoria de Comunicação da Imetame)

PUBLICIDADE