Identificadas as três vítimas do acidente em Aracruz

Os jovens retornavam do bairro Coqueiral para Aracruz, após participarem da festa Tardezinha, no Clube da Orla

0
218
Mortos no acidente em Aracruz foram duas moças e um rapaz

NOVA ATUALIZAÇÃO

Os três adolescentes que morreram na rodovia ES-456 (rodovia Primo Bitti) são Júlia Jamily, 16 anos; Letícia Spinassé, 16 anos; e Leonardo de Freitas Martins, que completaria 16 anos na próxima quarta-feira 13. Com mais quatro jovens no Ford KA branco de placas OYD2B07, eles retornavam para Aracruz após participarem da festa Tardezinha, realizada no Clube da Orla, em Coqueiral, e uma batida frontal com uma Van que ia no sentido contrário, após o automóvel rodar na pista molhada, provocou a tragédia.

O acidente ocorreu no início da noite de domingo 10. Os quatro sobreviventes foram socorridos pelo SAMU e estão em observação no Hospital São Camilo. Júlia Jamily morreu no local e Letícia Spinassé e Leonardo de Freitas Martins chegaram com vida ao hospital, mas não resistiram aos ferimentos e morreram no atendimento.

O acidente ocorreu na rodovia ES-456 (rodovia Primo Bitti), no bairro Irajá, por volta de 19h35, segundo informação do Corpo de Bombeiros, levando a rodovia a ser interditada até quase meia noite. Aos policiais militares rodoviários, o motorista da Van relatou que se deparou com o carro de passeio, que rodou na pista desgovernado, pois chovia muito, e colidiu de frente com a Van.

A notícia deixou a cidade consternada, porque os jovens mortos são de famílias tradicionais e hoje 11, uma loja comercial da família Spinassé estava fechada, no Centro. Nos últimos dias, acidentes em Aracruz deixaram um saldo de nove mortos, sendo pai e filha em uma batida frontal com uma carreta na BR-101, em Jacupemba; quatro índios – pais e duas crianças – na rodovia ES-257 e agora os três jovens.

 

(Atualização sugerida pelo leitor Alcântaro Filho)

PUBLICIDADE