Gil aparece na frente em pesquisa de intenção de voto de Fundão

O ex-prefeito Gil tem 65 anos de idade

0
180
Na pesquisa realizada pelo Instituto Futura para a Rede Vitória de Comunicações, o ex-prefeito Gil aparece em primeiro nas pesquisas espontânea e estimulada de voto para a Prefeitura de Fundão. Foto: Divulgação

O ex-prefeito de Fundão, Gilmar de Souza Borges, o Gil, do PSB, está na frente na disputa pela prefeitura do município. O candidato aparece em primeiro no levantamento espontâneo realizado pelo Instituto Futura para a Rede Vitória de Comunicações, com 40% das intenções de voto. Em seguida está Eleazar Lopes, do Podemos, com 32,8% dos votos. Carlos Magno, do PSDB, tem 1,3%. Não sabe, não respondeu, indeciso tem 18,3%. Ninguém, branco e nulo tem 7,8%.

Na pesquisa estimulada, o eleitor respondeu à pergunta: “Sabendo que os candidatos são estes, e se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito de Fundão?”. Gil aparece mais uma vez na dianteira, agora com 45,8% das intenções de voto. Em seguida está Eleazar Lopes, com 38%. Em terceiro, vem Carlos Magno, com 1,3%. Não sabe, não respondeu, indeciso tem 9,3%. Ninguém, branco e nulo tem 5,8%.

No levantamento que apurou a rejeição dos candidatos, Carlos Magno aparece como o mais rejeitado. Ele tem 36,3% de rejeição. Gil tem 25,8% e Eleazar Lopes está com 19,8%. Rejeita todos tem 1,5%. Não rejeita nenhum tem 16,5%. Não sabe, não respondeu fica com 8,3%.

Os pesquisadores também questionaram a opinião do eleitor sobre o vencedor do pleito. A pergunta foi: “Destes candidatos, quem você acha que vai ganhar as eleições?”. Gil aparece na frente com 48,3%, seguido de Eleazar Lopes, com 34,8%. Carlos Magno tem 0,8%. Não sabe, não respondeu tem 16,3%.

A pesquisa contemplou 400 entrevistas com margem de erro de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos e confiabilidade de 95%. As entrevistas foram realizadas nos dias 22 e 23 de outubro de 2020, face a face com o eleitor, respeitando todas as normas sanitárias determinadas pelas autoridades de saúde. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral, sob o número ES-09262/2020.

PUBLICIDADE