Gestão financeira é tema de palestra on-line para empreendedores capixabas

A iniciativa busca fortalecer empreendedores e empresas locais para possíveis oportunidades de negócio nos municípios e gerar mais lucro ao empreendimento

0
63
Evento gratuito será na terça-feira 29, a fim de fortalecer empresas locais na busca de oportunidades e na gestão de negócios. Na foto, vista aérea de Linhares.

A gestão financeira com foco em resultados será o tema da terceira palestra do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores da Fundação Renova. O evento on-line e gratuito será na terça-feira 29, a partir de 19h, para empreendedores capixabas. A iniciativa busca fortalecer empreendedores e empresas locais para possíveis oportunidades de negócio nos municípios e gerar mais lucro ao empreendimento. A palestra é uma parceria com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL-ES).

Os empreendedores terão a oportunidade de aprimorar o conhecimento sobre a gestão do negócio. Esses diferenciais garantem maior planejamento e longevidade do empreendimento”, diz Roberto Ruggeri, coordenador da área de Contratação Local e Empreendedorismo da Fundação Renova. A palestra será realizada por meio da plataforma Zoom, e os interessados podem participar acessando este link. As dúvidas sobre o projeto podem ser enviadas para o e-mail: [email protected]

SERVIÇO

Evento: Terceira palestra – Gestão Financeira com foco em resultados

Dia: Terça-feira (29), de 19h às 21h

Dúvidas: [email protected]

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão. A Fundação foi instituída por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

PUBLICIDADE