Fundação São João Batista e suas mantidas prestam última homenagem à conselheira Dona Penha

Dona Penha foi presidente da Fundação no período de 1989 a 1994 e atuou também como vice-presidente

0
238
(Foto: Alessandro Bitti)O primeiro momento de homenagem foi no pátio da Fundação, com os alunos e funcionários do CEA fazendo uma oração em gratidão a tudo o que ela fez

Na manhã de segunda-feira 06, a Fundação São João Batista (FSJB) e suas mantidas, FAACZ (Faculdades Integradas de Aracruz) e CEA (Centro Educacional de Aracruz), prestaram a sua última homenagem à conselheira Maria da Penha Cometti Stelzer, conhecida por todos como Dona Penha, que faleceu no domingo 05.

O primeiro momento de homenagem foino pátio da Fundação, com os alunos e funcionários do CEA fazendo uma oração em gratidão a tudo o que ela fez. Dona Penha foi uma grande companheira nos trabalhos da FSJB, sempre envolvida na sociedade e uma das pessoas mais expressivas na trajetória da Fundação São João Batista.

Dona Penha foi presidente da Fundação no período de 1989 a 1994 e atuou também como vice-presidente. Mulher guerreira e determinada, mostrou todo o seu compromisso com uma educação séria e sempre acreditou no potencial da educação em Aracruz e, por isso, identificou que era importante a instituição manter as suas raízes, por meio da criação de uma escola, o CEA. Seu sonho e firmeza fizeram com que hoje esta mantida eduque e forme crianças e jovens para a sociedade. Foi assim que, em fevereiro de 1994, juntamente com a atual presidente Celi Maria Guisso Cabral, fundou o Centro Educacional de Aracruz – CEA.

O segundo momento de homenagem foi na Paróquia São João Batista, quando a diretora acadêmica da FAACZ e escolar do CEA, prof.ª Adriana Recla Sarcinelli, representando todos os colaboradores, fez a leitura de uma mensagem em agradecimento a Dona Penha, sempre entregando à sociedade os trabalhos educacionais que hoje são ofertados aos alunos e à comunidade externa.

Na igreja, além de representantes da comunidade, familiares e amigos de Dona Penha estavam presentes alunos e funcionários do CEA, gestores e conselheiros da Fundação São João Batista e colaboradores da FAACZ. Dona Penha era uma mulher de fé, membro da Paróquia São João Batista, onde trabalhou como voluntária por mais de 50 anos, em prol da comunidade.

Por esta razão, a Fundação São João Batista e suas mantidas, FAACZ e CEA, manifestam seus votos de profundo pesar e condolências, unindo-se na solidariedade aos familiares e amigos neste momento de despedida e dor. Não podemos deixar de registrar nossa gratidão a Deus pela sua vida, doação e exemplo. A FSJB se despede com saudades, mas sem deixar de registrar e lembrar de sua presença marcante e autêntica.

PUBLICIDADE