Findes debate em Linhares associativismo e crescimento das indústrias capixabas

A iniciativa irá reunir uma série de ações de associativismo, com funcionários das unidades Sesi/Senai e com o poder público

0
29
A Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), presidida por Cris Samorini, promove na quinta-feira 26, em Linhares, o “Dia De +Indústria”, iniciativa para apresentar ações realizadas e serviços oferecidos em favor da indústria capixaba

A Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) realiza na quinta-feira 26 um grande movimento em prol da Indústria capixaba, do associativismo e do desenvolvimento do Espírito Santo, o “Dia De +Indústria”, no Centro Integrado Sesi, Senai e IEL de Linhares, a partir de 16h. Será o segundo de um total de quatro eventos. O primeiro ocorreu no dia 13 de abril em Colatina e os próximos serão realizados em Cachoeiro de Itapemirim (13/07) e Aracruz (10/08).

A iniciativa irá reunir uma série de ações de associativismo, com funcionários das unidades Sesi/Senai e com o poder público. Além disso, traz o “+Negócios” e a interiorização do IEL. O objetivo é apresentar as ações, programas e serviços realizados e oferecidos pela Findes em favor da indústria capixaba. O evento conta com o patrocínio do Sebrae e do Sicoob.

A presidente da Federação, Cris Samorini, destaca que esta é uma oportunidade de aumentar a conexão entre as indústrias do Estado e suas entidades de representação, no caso, a Findes e os sindicatos. “Acreditamos que iniciativas como essa fortalecem o associativismo e contribuem para que juntos possamos crescer e realizar mais negócios”, destaca. Para ela, o evento também virá contribuir para que a Findes debata junto a empresários e gestores públicos as oportunidades e os desafios de cada região.

Será um momento também de esclarecermos eventuais dúvidas, e os participantes vão poder conversar com nossos especialistas em assuntos ambientais, tributários, relações com trabalho, desenvolvimento regional, acesso a crédito, infraestrutura e internacionalização”, destacou Cris Samorini.

Na programação, além do atendimento às empresas para auxiliá-las em diversos temas, também estão previstas rodadas de negócios com as indústrias Rimo e Placas do Brasil. Elas estão em busca de fornecedores e prestadores de serviços. As inscrições devem ser feitas no próprio evento.

 IEL no interior 

Assim como ocorreu em Colatina, as cidades de Linhares, Cachoeiro de Itapemirim e Aracruz serão as próximas a receberem o Instituto Euvaldo Lodi do Espírito Santo (IEL-ES). Com isso, as unidades de ensino do interior do Estado também passarão a se chamar “Centro Integrado Sesi Senai IEL”. Com a expansão do IEL, as empresas do interior também contarão com os serviços ofertados pelo portfólio da entidade. “Com o ‘IEL mais perto’ buscamos entender as demandas e ouvir a indústria, para que possamos criar soluções em cursos in company, cursos abertos, além de um portfólio customizado para as empresas”, pontua o superintendente do IEL-ES, Alessandro de Castro.

PUBLICIDADE