Findes apoia vacinação e defende cumprimento de protocolos de segurança

A entidade entende que as medidas são necessárias para reduzir a pressão sobre o sistema de saúde, especialmente as UTIs

0
3
Foto: Divulgação/Findes

O governador Renato Casagrande anunciou novas restrições às atividades econômicas em todos os municípios do Estado, entre os dias 18 e 31 de março. A Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) entende que as medidas são necessárias para reduzir a pressão sobre o sistema de saúde, especialmente as UTIs.

A presidente da instituição, Cris Samorini, divulgou uma nota: “Esperamos que as medidas possam reduzir a velocidade da propagação da doença. A expectativa é de que os índices de novos casos caiam e que a vacinação avance, indicando que poderemos ter um breve retorno a um nível de normalidade razoável”.

Ao longo desse período, os protocolos de segurança adotados pela indústria e por demais setores da economia se mostraram eficazes. Porém, é preciso que toda a sociedade observe os protocolos, no ambiente de trabalho e nos momentos de lazer. Mais do que nunca, a hora é de redobrar os cuidados: este momento é o mais crítico da pandemia.

A nota diz ainda: “Todos nós precisamos dar a nossa contribuição neste momento de restrições mais severas. Por isso, eu gostaria de convocar todos os industriais a ampliar o home office. Reitero que a Findes apoia o Movimento Unidos pela Vacina, iniciativa apartidária que tem o objetivo de imunizar toda a população brasileira até setembro”.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui