Estrada de Santa Rosa começa a receber asfalto

O Governo do Estado investe R$ 24.199.000,27 na obra, alocando R$ 11 milhões em 2019 e mais R$ 13 milhões neste ano

0
276
A previsão é que o asfalto fique pronto no primeiro semestre de 2021. Foto: Divulgação

Após 30 anos de idas e vindas, com diversas ordens de serviços autorizadas, obras iniciadas e paralisadas e até desistência de empreiteira, finalmente o asfalto começou a ser colocado nesta semana na estrada que liga a sede de Aracruz a Santa Rosa, que tem uma extensão de 15,7 km.

O presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, Erick Musso. Foto: Divulgação/Ales

Depois de tentar viabilizar a obra junto a dois governadores – Paulo Hartung e Renato Casagrande – o deputado Erick Musso, presidente da Assembleia Legislativa, agora comemora a sua importante conquista. Em contato com a reportagem da FOLHA DO LITORAL, Musso disse que “esta será a mais importante obra entregue à população em seu mandato”.

A rodovia, que é uma extensão da ES-124, está com a base pronta entre o Loteamento Valle Verde e um pouco depois de Grapuama, trecho de 8 km, onde está sendo feito o asfalto. O trabalho está sendo adiantado pela Construtora Premocil, de Cachoeiro de Itapemirim, vencedora da licitação. A previsão é que o asfalto fique pronto no primeiro semestre de 2021.

A empresa tem 600 dias para concluir todo o asfaltamento, prazo que terminaria no final de dezembro deste ano, mas que deve ser prorrogado por mais seis meses. Para Erick Musso, responsável pela gestão de retomada da obra, “o asfalto trará muitos benefícios aos produtores e à região, pois Santa Rosa é uma das mais importantes bacias leiteiras do Estado. O valor da obra é de R$ 24 milhões e após o término será mais uma ligação entre Aracruz e Praia Grande, em Fundão, e com a rodovia BR-101, na sede daquele município”.

O Governo do Estado investe R$ 24.199.000,27 na obra, alocando R$ 11 milhões em 2019 e mais R$ 13 milhões neste ano. O asfalto de Santa Rosa é uma continuidade da rodovia ES-124, que começa em Guaraná e vai até a rodovia ES-261, que liga Praia Grande a Fundão.

Erick Musso destacou que a via possui 15,7 quilômetros de extensão e terá uma pista de rolagem de 3,5 metros, acostamento de 1,5 metro e serão implantados 12 pontos de ônibus. A rodovia é muito usada pelos proprietários rurais que escoam suas produções em direção aos centros de comercialização, com destaque para a produção leiteira em Santa Rosa, além de ser um dos caminhos que incrementa a área de turismo, pois facilita o acesso às praias de Fundão e Serra.

PUBLICIDADE