Buda gigante aumenta negócios do agroturismo em Ibiraçu

O novo monumento turístico do Espírito Santo já é um sucesso

0
393
O novo monumento turístico do Espírito Santo já é um sucesso: o local recebe cerca de cinco mil visitantes por semana, que aproveitam para conhecer os 20 empreendimentos do Circuito Caminhos da Sabedoria, o primeiro caminho espiritual do Brasil. Foto: Beth Vervloet

Por Leandro Fidelis (Revista SafraES)

Com 30 metros de altura, o Buda Gigante vem atraindo os olhares para a Praça Torii, na entrada do Mosteiro Zen-Budista de Ibiraçu, às margens da rodovia BR-101. A estátua, que tem o mesmo tamanho do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, é considerada a maior do Ocidente dedicada ao líder religioso cuja filosofia tem cerca de 500 milhões de adeptos no mundo. A ideia dos empreendedores é aumentar a permanência do turista na zona rural para além das famosas pastelarias ou fotos rápidas com a estátua.

O Buda ainda não tem para ser inaugurado oficialmente, devido à pandemia. Segundo o monge Daiju Bitti, abade do Mosteiro, a data do evento será definida para atender uma comitiva do Japão, com presença confirmada. Mas, antes mesmo da solenidade, o novo monumento turístico do Espírito Santo já é um sucesso: o local recebe cerca de cinco mil visitantes por semana.

É o caso dos 20 empreendimentos do Circuito Caminhos da Sabedoria, o primeiro caminho espiritual do Brasil, criado em 1987. Com 108 km de extensão e abrangendo 17 localidades, a rota conta com hospedarias, pesque-pague, cachoeiras, lanchonetes e pontos com produtos artesanais localizados nos arredores do Mosteiro e do Santuário Diocesano Nossa Senhora da Saúde.

Além disso, o circuito turístico e espiritual é marcado por 23 pontos de referência histórica da imigração italiana, 21 igrejas e capelas, fazendas centenárias, antigas estações ferroviárias, todos imersos na Mata Atlântica da região. O percurso é sinalizado por placas e totens que indicam a distância já percorrida e a localidade atual, proporcionando pontos de referência ao caminhante durante todo o trajeto, mas também pode ser feito de bicicleta ou carro.

Monge Daiju alerta para a elaboração de um PDM

O monge Daiju Bitti. Foto: Divulgação/Mosteiro Zen

O monge Daiju Bitti, abade do Mosteiro Zen-Budista Morro da Vargem e idealizador da estátua do Buda Gigante, vai propor à Prefeitura de Ibiraçu a criação de um Plano Diretor Municipal (PDM) para orientar a ocupação do solo urbano na área do entorno do monumento. A medida é para evitar construções desordenadas e em desconformidade com a paisagem.

“A primeira coisa que a estátua trouxe para a região foi a especulação imobiliária. Todos os vizinhos da praça têm que se beneficiar com o turismo, mas a preocupação é a desordem. O setor público tem de estar presente para aprovar ou desaprovar todos os projetos de edificações na região”, afirma Daiju.

Como forma de contribuir para o paisagístico do entorno do Buda Gigante, o monge informou que um arquiteto da comunidade budista está prestando consultoria gratuita aos agricultores do roteiro de agroturismo.

AS ATRAÇÕES

Camalles Cama e Café
A expectativa é de muita prosperidade com o lançamento do Buda Gigante. “Temos que aproveitar o máximo. O município, Estado e país só têm a ganhar com o monumento. O Buda é o segundo maior do mundo e veio para agregar ainda mais para o turismo de Ibiraçu, onde o Mosteiro já é uma referência muito grande”, destaca Sandra Salles Mattiuzzi Cazotto, proprietária do Camalles (Cama e Café). A hospedaria foi inaugurada em 2012 e a primeira a abrir as portas aos peregrinos do Circuito. De acordo com Sandra, a Camalles (junção dos sobrenomes Cazotto, Mattiuzzi e Salles) já recebeu turistas de países como França, Espanha, Colômbia e Peru. Na pandemia, foi reduzido o número de hóspedes, seguindo os protocolos de segurança, e as refeições estão sendo servidas ao ar livre para evitar aglomeração. O local conta com uma horta livre de veneno e ainda neste mês vai concluir a construção de novo complexo para ampliar as vagas de hospedagem.

O que oferece: Café da manhã, almoço e jantar e pernoite
Localização: Piabas
Acesso livre à internet/Aceita cartão e Picpay
Hospedagem somente com agendamento- das 8h às 12 e das 13h às 18h
Contatos: (27) 9 9608-7131 e Whatsapp (27) 9 9956-7154 (Sandra)
E-mail: [email protected]
Facebook: @Camalles/ Instagram @camallescamaecafe

Fávaro Cama e Café
Sueli Bertolini e o marido, Gilson Favaro, são proprietários do Favaro Cama e Café, na comunidade de São Benedito, onde oferecem café da manhã, almoço e jantar. “Com bastante esforço e gratidão a Deus estamos investindo para acolhermos os peregrinos com carinho. A casa rústica é a realização de um sonho, e nossa expectativa é melhorar cada dia mais pra agradar os visitantes”, diz Sueli.

O que oferece: café da manhã, almoço, jantar e pernoite
Localização: Comunidade de São Benedito (Acesso km 54 da BR-101)
Funciona aos finais de semana e feriados
Contato: (27) 99637-0577 (Sueli/Gilson)

Pousada João e Maria
“A expectativa é muito grande, porque a estátua é a segunda maior do mundo. Com certeza vai agregar valor, atraindo pessoas de vários lugares”, aposta outra empreendedora, Maria José Rodrigues, proprietária da Pousada João e Maria, em Pedro Palácios.

Sítio Zandoná
Sócia do Sítio Zandoná, no distrito de Santo Antônio, Maria Auxiliadora Rodrigues Zandoná ressalta a boa convivência entre católicos e budistas em Ibiraçu. “Estamos com uma expectativa muito positiva com a inauguração do Buda Gigante. É uma melhora no agroturismo da região, que é rica em belezas naturais e cultura. Estamos em um município onde a fé ecumênica se encontra. Católicos e budistas convivem em harmonia, e isso contribui para o crescimento da cidade”.

O que oferece: café da manhã, almoço e jantar e pernoite
Localização: Distrito de Santo Antônio
Contato: (27) 99722-5993 (Maria Auxiliadora)

Cachoeira Pedrini (Piabas)
O que oferece: Casarão antigo c/8 quartos (acomodam 65 pessoas) e casa com 2 quartos (capacidade: 32 pessoas)
Localização: Piabas (9 km de Pendanga – distrito às margens da BR-101, entre Fundão e Ibiraçu)
Contato: (27) 99956-0646

Mulheres Quilombolas
O que oferece: capelete, biscoitos caseiros, taiadela e pães
Localização: Bairro São Pedro
Contato: (27) 99746-4676 (Nádia)

Água de Coco Gegê
O que oferece: o sítio produz coco, cacau, palmito e frutas e faz envase de água de coco natural
Localização: Sítio Santos (Pedro Palácios)
*Recebe turistas com agendamento prévio de segunda à sexta-Feira, das 7 às 17h
Contato: (27) 99977-1200 (Walter)/ (27) 99987-4712 (Gisela)

PUBLICIDADE