Ecoponto de Aracruz já recolheu 80 toneladas de entulhos neste ano

Iniciativa foi criada em parceria com a empresa SA Ambiental

0
9
Ecoponto em Aracruz. Foto: Divulgação/PMA

Só neste ano, o Ecoponto de Aracruz recebeu 80 toneladas de entulho, de acordo com a secretaria municipal de Serviços Urbanos. Criado no ano passado em parceria com a empresa SA Ambiental, o local é alternativa para o descarte correto de metais, papéis, papelões, plásticos, vidros, tijolos, restos de azulejos, podas de árvores e resíduos volumosos como madeiras, móveis e eletrodomésticos inutilizáveis.

“Muitas pessoas descartam seus entulhos de forma incorreta, deixando em vias públicas ou no meio ambiente. Com o Ecoponto, conseguimos arrecadar um volume considerável, assim, demonstrando a funcionalidade do projeto e o interesse da população em realizar o descarte correto”, frisou o secretário municipal de Serviços Urbanos, Almir Viana.

Por dia, o Ecoponto – situado na fábrica de manilhas no bairro Itaputera – permite o descarte de até um metro cúbico de entulhos. Resíduos domésticos, hospitalares e industriais não são recebidos, uma vez que há o envio de tudo o que é recolhido para a reciclagem. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 16h30. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (27) 99741-8382.

O que pode e o que não pode ser descartado no Ecoponto de Aracruz

PERMITIDO:
Metal, papel, papelão, plástico e vidro;
Pequenas quantidades de entulho com até 1m³ por dia (tijolos, restos de azulejos etc.);
Podas de árvores;
Resíduos volumosos (cadeiras, colchões, eletrodomésticos, guarda-roupas, madeiras, mesas e/ou sofás).

PROIBIDO:
Grandes quantidades de entulho de construção com mais de 1m³;
Resíduos domésticos;
Resíduos hospitalares ou de serviços de saúde;
Resíduos industriais.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui