Dr. Coutinho mantém vantagem em Aracruz, mas eleição está indefinida

Major Wallace pode surpreender

0
421
Os dados apontam um empate técnico entre os candidatos Dr. Coutinho (Cidadania) e Alcântaro Filho (PSD) nas menções espontâneas e estimulada, com vantagem para Coutinho nas duas, de 3,5% e 4%, respectivamente, o que caracteriza um empate técnico, dentro da margem de erro de 4,9%. Fotos: Divulgação

Na terceira pesquisa Brand/FOLHA DO LITORAL, os dados apontam um empate técnico entre os candidatos Dr. Coutinho (Cidadania) e Alcântaro Filho (PSD) nas menções espontânea e estimulada, com pequena vantagem para Coutinho nas duas, de 3,5% e 4%, respectivamente, o que caracteriza um empate técnico, dentro da margem de erro de 4,9%. Com o crescimento nas intenções de votos em relação às pesquisas anteriores e o alto número de indecisos (mais de 30%), o candidato Major Wallace pode surpreender.

Os dois candidatos que polarizam a disputa desde a primeira pesquisa e em outras duas, do jornal ES Hoje e Rede Vitória – Coutinho e Alcântaro – terão que buscar estratégias para conquistar uma parcela de votos desses indecisos, em somente dois dias antes do pleito. Na menção espontânea, quando os nomes dos candidatos não são citados aos entrevistados, Dr. Coutinho lidera com 19,8%, seguido de Alcântaro Filho com 16,3%, Jones Cavaglieri com 8%, Major Wallace Vieira com 7,3%, Evilasio Costa com 3,8%, Paulo Neres com 0,5% e Adilson Simão com 0,3%. Os indecisos somam 32,3%, não respondeu 3,8%, não vai votar 3,8% e votará em branco ou anulará o voto 3,3%.

Na menção estimulada, quando os nomes são citados, Dr. Coutinho também est á na frente, com 26,8%, contra 22,8% de Alcântaro. Na ordem, aparecem o Major Wallace com 14,5% (ultrapassando Jones), Jones com 9,3%, Evilasio com 5,5%, Paulo Neres com 1,3% e Adilson Simão com 1%. Os indecisos somam 10,5%, não vai votar 3%, branco e nulo 3% e não respondeu 2,5%.

Quando os entrevistados são perguntados se, independente da sua escolha ou preferência por um candidato, quem, na sua opinião, será o próximo prefeito de Aracruz? Dr. Coutinho foi citado por 33,5%, Alcântaro por 24,8%, Jones por 7,3%, Major Wallace por 5,8%, Evilasio por 0,8%, Paulo Neres por 0,5% e Adilson Simão não foi citado. Os indecisos somaram 26,3%

Na resposta única, 66,5% dos entrevistados disseram que não mudam o voto, e 32,5% que pode ou talvez mudará. O prefeito Jones Cavaglieri, que tenta a reeleição, continua com o maior índice de rejeição, de 48,8%, contra 27% de Alcântaro, 21,3% de Dr. Coutinho, 14% de Paulo Neres, 13,3% do Major Wallace, 12,3% de Adilson Simão e 12% de Evilasio.

O número de indecisos na resposta espontânea é de 32,3%, e na estimulada, 10,5%. A pesquisa encontra-se registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) sob o protocolo ES-01858/2020.

METODOLOGIA
A pesquisa FOLHA/Brand entrevistou, por telefone, 400 eleitores residentes em Aracruz, maiores de 16 anos, entre os dias 09 e 11 de novembro. A margem de erro estimada é de 4,9% em um intervalo de confiança de 95%. O plano amostral foi elaborado pela estatística Miriam Almeida, profissional com registro no CONRE 6ª Região. O método telefônico exige questionários rápidos, sem utilização de estímulos visuais, como cartão/cartelas com nomes de candidatos, por exemplo. Assim, mesmo com a distribuição da amostra seguindo cotas de sexo e idade dentro de cada microrregião, e da posterior ponderação dos resultados, os dados devem ser analisados com alguma cautela por limitar o uso desses instrumentos. A pesquisa em referência encontra-se registrada no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle) do Tribunal Superior Eleitoral sob número ES-01858/2020, o que permite a divulgação de seus resultados em meios eletrônicos, digitais ou impressos a partir de 12/novembro de 2020.

LOCAIS PESQUISADOS
SEDE 1
Centro, De Carli, Morobá, Paraíso, Polivalente, Segato, Vila Rica, Guanabara, Guaxindiba, Limão, Planalto, São Marcos e Vila Nova.
SEDE 2
Bela Vista, Fátima, Jequitibá, Novo Jequitibá, Primavera, São Clemente e Sauaçu.
LITORAL
Caieiras Velha, Barra do Riacho, Barra do Sahy, Coqueiral, Itaparica, Mar Azul, Praia Formosa, Sauê, Santa Cruz e Vila do Riacho.
RURAL
Guaraná, Jacupemba, Nova Colatina, Recanto Feliz, Santa Rosa e São José.

PERFIL DOS ENTREVISTADOS
Gênero
Masculino: 49,3%
Feminino: 50,8%

Faixa de renda (R$)
Até 1 salário mínimo: 15,5%
De 1 a 3 salários: 29,0%
De 3 a 5 salários: 18,0%
De 5 a 10 salários: 12,3%
Mais de 10 salários: 4,3%
N/Informou: 21,0%

Grau de Instrução
Ensino Fundamental: 15,5%
Ensino Médio: 43,5%
Ensino Superior: 29 %
Pós-graduado: 8,8%
Analfabeto/alfabetizado: 2,8%
N/Informou: 0,5%

Faixa de idade
16 a 24 anos: 12,8%
25 a 34 anos: 23,0%
35 a 44 anos: 22,5%
45 a 59 anos: 24,5%
Mais de 60 anos: 17,3%

O seu voto
É definitivo, não muda mais: 66,6%
Pode mudar / talvez mudará: 32,6%
Não respondeu: 0,9%

Disputa indefinida em Aracruz
Lucas Margotto (analista-chefe da Brand Pesquisas)

A terceira pesquisa da parceria Brand/FOLHA DO LITORAL para monitorar as eleições municipais em Aracruz ouviu a opinião de 400 eleitores entre os dias 09 e 11 de novembro, por meio de entrevistas telefônicas. Os resultados divulgados nesta edição revelam o cenário eleitoral faltando dois dias para as eleições. Neste momento, a eleição continua aberta e será decidida, muito provavelmente, entre os dois candidatos que mais mobilizam eleitores: Dr. Coutinho e Alcântaro.

“Os resultados desta terceira e última rodada de pesquisa Brand/FOLHA indicam que, embora sete candidatos concorram ao cargo de prefeito de Aracruz, a tendência de polarização se confirmou entre Dr. Coutinho e Alcântaro. Se na pesquisa anterior, divulgada há 14 dias, Coutinho havia se descolado na liderança da intenção de voto, abrindo 8 pontos percentuais para o segundo colocado, Alcântaro, agora a diferença caiu pela metade e ambos estão tecnicamente empatados, na margem de erro da pesquisa que é de 4,9 pontos percentuais, para mais ou para menos. Isto significa que, neste momento, não há mais um favorito. Ambos têm a chance de vencer a eleição no próximo domingo. Até mesmo o candidato Major Wallace, cuja intenção de voto cresceu bastante entre a pesquisa anterior e esta última pode entrar na briga”.

Quando analisamos os recortes da pesquisa por região, vemos que Dr. Coutinho está consolidado entre os eleitores do Litoral e Zona Rural. Já Alcântaro está mais forte nas regiões urbanas Sede 1 (Centro, Polivalente, Vila Rica, Guanabara e entorno) e Sede 2 (Bela Vista, Fátima, Jequitibá e seu entorno); Major Wallace e Jones pontuam acima de suas médias na Sede 1 e zona rural; Evilasio Costa é mais apreciado na Sede 1 e Litoral, enquanto Adilson Simão e Paulo Neres são mais votados na Sede 2.

Alcântaro está melhor entre eleitores dos 16 aos 34 anos, e Dr. Coutinho se consolida entre aqueles com mais de 45 anos. A eleição tende a ficar entre esses dois candidatos, mas o Major Wallace pode ganhar um sprint na reta final e surpreender – até porque 33% dos entrevistados alegam que poderão mudar de opinião sobre o voto até o dia da eleição.

Já para os demais candidatos as chances são remotas. O prefeito Jones, que acumula a maior rejeição entre todos, com 49% dos entrevistados afirmando que jamais votariam nele, é o grande derrotado deste pleito. Muitos prefeitos em mandato que disputam a reeleição são favoritos em suas cidades, mas este não é caso de Aracruz. Diria que hoje, a dois dias do pleito, tanto Dr. Coutinho quanto Alcântaro têm a mesma chance de vencer a eleição. Desde o início foram os que mais mobilizaram eleitores e polarizaram a disputa.

PUBLICIDADE