Deputado vai pedir ao MPF suspensão do pedágio na BR-101

No Espírito Santo, a Concessionária ECO101 mantém sete praças de cobrança nos municípios de Pedro Canário, São Mateus, Aracruz, Serra, Guarapari, Itapemirim e Mimoso do Sul

0
89
Erick Musso quer a suspensão da tarifa de pedágio enquanto durar a pandemia

Entendendo que o serviço não é caracterizado como essencial, o deputado Erick Musso, presidente da Assembleia Legislativa, vai encaminhar ofício ao Ministério Público Federal (MPF) na próxima segunda-feira, solicitando a suspensão da cobrança de pedágio na rodovia BR-101, no trecho que corta o Espírito Santo, enquanto durar a pandemia.

No Espírito Santo, a Concessionária ECO101 mantém sete praças de cobrança nos municípios de Pedro Canário, São Mateus, Aracruz, Serra, Guarapari, Itapemirim e Mimoso do Sul. Esta semana a tarifa sofreu uma redução de R$ 0,20 (3,86%), por determinação da ANTT. Os novos preços são: Pedro Canário (de R$ 3,40 para R$ 3,20), São Mateus (R$ 4,50 para R$ 4,30), Aracruz (R$ 4,20 para R$ 4,10), Serra (R$ 4,10 para R$ 3,90), Guarapari (R$ 4,20 para R$ 4,00) e Itapemirim (R$ 3,50 para R$ 3,40).

De 18 de maio de 2014 a 28 de fevereiro de 2021 (6 anos e 11 meses), 172.293.650 veículos diversos pagaram pedágio nas sete praças da rodovia BR-101 no Estado, incluindo os que se utilizam do sistema Sem Parar. Os dados divulgados no site da Concessionária ECO101 não se alteram, ano a ano. Nos 2.477 dias de cobrança, a média é de 69.557 veículos por dia, 2.898 por hora e 48 por minuto.

Com cerca de 500 mil veículos pagando pedágio por mês na praça de Serra, 380 mil na de Itapemirim, 360 mil na de Guarapari e 300 mil na de Aracruz, correspondendo a mais de 10 mil por dia, a ECO101 continua não respeitando o item 3.3.1 do contrato de concessão assinado em 2013 com a ANTT, que prevê a duplicação imediata de trechos que atingem o Volume Diário Médio Anual (VDMA) dos valores constantes na tabela 3.1, o chamado ‘gatilho’, pelo qual a rodovia deveria estar duplicada, desde 2019, de Linhares a Itapemirim.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui