Deputado pede suspensão da cobrança de pedágios em rodovias federais

No pedido encaminhado ao ministro Tarcísio Freitas, o deputado federal Da Vitória pede a isenção da cobrança para os caminhões de cargas

0
2
O deputado Da Vitória. Foto: Divulgação

Como forma de reduzir os custos do setor de transporte de cargas, o deputado federal Da Vitória solicitou no último dia 25 ao Ministério da Infraestrutura que seja suspensa a cobrança dos pedágios nas rodovias federais durante o período em que estiver vigorando o decreto de calamidade pública no País, em decorrência da crise do novo coronavírus.

No pedido encaminhado ao ministro Tarcísio Freitas, Da Vitória pede a isenção da cobrança para os caminhões de cargas. Ele ressalta que o trabalho dos caminhoneiros é fundamental para o transporte de alimentos, medicamentos, equipamentos e outros produtos.

“Mais de 60% do transporte de cargas no País é realizado por meio das rodovias. E neste período de enfrentamentos ao novo coronavírus, o setor empresarial está sendo profundamente atingido com a redução das vendas em decorrência da necessidade do isolamento social da população para evitar a proliferação do vírus. A isenção do pedágio nas rodovias federais durante a crise será importante para reduzir o custo do frete e consequentemente das mercadorias”, avalia Da Vitória.

Segundo levantamento da FOLHA DO LITORAL no site da ECO101, em 2019 ocorreram 4.588 acidentes em toda a rodovia BR-101, sendo 2.359 sem feridos, 2.186 com feridos e 43 mortes (em 2020 já ocorreram 15 mortes em acidentes). Com quase seis anos pagando pedágio, os usuários e os deputados estaduais e federais reclamam que somente menos de 30 quilômetros dos 475,9 km foram duplicados.

PUBLICIDADE