Contrato do lixo homologado em Aracruz

A ordem de serviço foi autorizada no último dia 21, com validade de 48 meses, contemplando a coleta dos resíduos sólidos residenciais, entulhos, varrição, capina e roçada de vias públicas

0
16
O responsável jurídico da SA Ambiental, Cidiney Mazin, o prefeito Jones Cavaglieri, e o secretário interino de Serviços Urbanos, João Paulo Calixto, no momento da assinatura do contrato de licitação. Foto: Divulgação/PMA

Depois de mais de oito anos de insegurança com os contratos emergenciais, a Prefeitura de Aracruz homologou a concorrência pública para a execução de serviços integrantes do Sistema de Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos no Município, vencida pela atual prestadora dos serviços, a SA Ambiental. A ordem de serviço foi autorizada no último dia 21, com validade de 48 meses, contemplando a coleta dos resíduos sólidos residenciais, entulhos, varrição, capina e roçada de vias públicas.

O responsável jurídico da SA Ambiental, Cidiney Mazin, destacou que “o processo de licitação para a contratação dos serviços de limpeza urbana já existe há quase 10 anos, pois ele deriva de 2011, e desde então houve várias interrupções, sendo elas do Ministério Público, Tribunal de Contas, Poder Judiciário e dos demais licitantes que entravam com recursos, o que impediu de fato a conclusão desse processo que é o mais auditado e fiscalizado que já vi”, explicou.

“Os serviços de limpeza urbana são considerados essenciais e indispensáveis, pois se trata de uma questão de preservação ambiental, ao não poluir os rios e o solo, e de saúde pública, ao evitar a proliferação de insetos e roedores. Nesse tempo da pandemia do coronavírus também contaremos com uma equipe para a desinfecção das vias públicas”, finalizou Mazin.

PUBLICIDADE