Comunidades vizinhas são protagonistas em projetos da Suzano

Empresa firma parceria com associação de catadores de recicláveis e cooperativa agrícola que fornece alimentos para o restaurante industrial, em Aracruz

0
25
Foto: Divulgação/Suzano

Gerar e compartilhar valor e só é bom para nós se for bom para o mundo são dois direcionadores de gestão da Suzano, que estão muito alinhados a duas iniciativas que se sobressaem em Aracruz: a parceria com a Cooperativa de Agricultores Familiares (CAF) e o Recicle Aracruz.

Essas propostas estão alinhadas à mentalidade ESG, sigla para Environmental, Social and Governance (Ambiental, Social e Governança), que caracterizam a gestão sustentável dos negócios. Há algumas semanas, a empresa firmou contrato com a Recicle Aracruz, uma associação de catadores de recicláveis que faz a coleta de materiais na unidade industrial da companhia. Além de receber pelo serviço, os catadores ainda se beneficiam com a venda dos resíduos coletados que podem ser reaproveitados.

“Até recentemente, pagávamos uma empresa privada para executar esse serviço. Agora, com a associação, geramos renda e oportunidades. Só para atender a nossa demanda, a Recicle contratou mais dez pessoas para trabalhar recolhendo, principalmente, papel e plástico nos 18 pontos de coleta da fábrica”, explica o gerente de Meio Ambiente da Unidade, Márcio Caliari.

Em outra iniciativa, desde o final do ano passado, a CAF, formada por pequenos produtores rurais de propriedades vizinhas à indústria ajuda a abastecer o restaurante industrial da fábrica. A empresa compra verduras e legumes dos agricultores locais para o preparo das refeições servidas no restaurante, contribuindo para a geração de renda dos produtores.

PUBLICIDADE