Coleta seletiva em Aracruz recolhe 40 toneladas/mês de resíduos para reciclagem

A iniciativa dá valor social aos catadores, incentiva a renda e diminui os impactos ambientais causados pelo lixo descartado de maneira incorreta

0
71
Os caminhões da Recicle Aracruz fazem a coleta dos resíduos recicláveis nas residências cadastradas uma vez por semana

Iniciativa criada para dar destinação correta ao lixo produzido em Aracruz e estimular a consciência ambiental nos moradores, a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis (Recicle Aracruz) recolhe, por mês, cerca de 40 toneladas de detritos via coleta seletiva, com 25% tendo destinação ambiental adequada. Os resíduos coletados são selecionados e direcionados à reciclagem e depois retornam para as indústrias que reutilizam o material.

“O descarte correto de resíduos recicláveis tem um potencial grande de crescimento em Aracruz. É importante que os adeptos da coleta seletiva conscientizem os vizinhos e se tornem multiplicadores da prática de separar o lixo gerado em casa. Isso, entre outros benefícios, evita a contaminação do solo e das águas”, destaca Francine Sousa, gerente de Limpeza Pública da prefeitura. Ela acrescenta que “a administração tem buscado parceiros para desenvolver e ampliar a coleta seletiva no município, bem como a capacitação e profissionalização dos catadores”.

A Recicle Aracruz conta com dois caminhões de coleta seletiva. Um atende os bairros da sede e o outro os balneários e distritos. Os veículos circulam de segunda a sexta-feira, exceto feriados, de 8h às 17h, em 10 diferentes rotas, e em cada uma delas os moradores cadastrados entregam os resíduos recicláveis gerados em suas residências ao longo da semana.

Tudo o que é coletado de porta em porta segue para um galpão municipal, onde os atuais 22 associados da Recicle Aracruz se revezam para fazer uma triagem do material. A partir daí, o que pode ser definitivamente reaproveitado é vendido a empresas de reciclagem em Vitória. A iniciativa dá valor social aos catadores, incentiva a renda e diminui os impactos ambientais causados pelo lixo descartado de maneira incorreta.

Os interessados em contribuir com a coleta seletiva podem se cadastrar pelo aplicativo Aracruz Online (disponível para Android e iOS), ou entrar em contato pelo telefone 9 9741-8382. A orientação é ter sacolas separadas para cada tipo de lixo: metal, papel, plástico e vidro. Os caminhões fazem a coleta dos resíduos recicláveis nas residências cadastradas uma vez por semana. Entretanto, há localidades em que o serviço é feito por catadores associados: Fabíola (9 9636-1346) na região de Biriricas e Santa Cruz; Juarez (9 9783-3860) em Caieiras Velha e Irajá; Nelcinéia, a Lica (9 9803-0761), no distrito de Jacupemba; Paulo Carlos (9 9762-1767) no distrito de Vila do Riacho; e Sérgio, o Gim (9 9622-8346), em Barra do Sahy, Mar Azul, Putiri, Sauê e Praia dos Padres.

Cada lixo em seu lugar
A secretaria municipal de Serviços Urbanos orienta que os moradores deixem os resíduos dispostos, num mesmo recipiente ou sacola, da seguinte forma:
METAL: bisnagas e tubos de aerossóis, chapas de aço, cobre, ferro, latas de alumínio, panelas ou zinco.
PAPEL: caixas de papelão, cartolina, embalagens do tipo longa vida (achocolatado, leite, suco, etc.), folhetos, jornais ou revistas
PLÁSTICO: canos e tubos de PVC, garrafas PET, potes, sacolas ou tampas
VIDRO: cascos (devidamente embalados), copos, garrafas, frascos de perfume ou potes de conserva

A coleta seletiva em tempos de pandemia
Seguindo as normas e tomando uma série de cuidados diante da pandemia do novo coronavírus, a Recicle Aracruz está funcionando com um novo cronograma de trabalho interno e, em parceria com o Ecogesto – programa da Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe) com foco nas cooperativas e que atua em três pilares da sustentabilidade: ambiental, social e econômico – conseguiu Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), além de uniforme composto por camisas, calças, aventais, botinas e luvas para a segurança e melhor identificação dos 22 catadores associados.

Iniciativa da SA Ambiental fortalece cultura da coleta seletiva
Empresa responsável pelo serviço público de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos em Aracruz, a SA Ambiental, buscando incentivar a população a adotar a cultura da coleta seletiva de lixo, doou ao município mais de 140 kits de lixeiras com o padrão internacional de cinco cores, separando os detritos recicláveis. Agora, a própria SA recolhe os resíduos descartados nos kits – instalados pela empresa em pontos estratégicos da cidade, inclusive na orla e no interior – e envia à Associação Recicle Aracruz sem qualquer custo para os catadores associados, que ficam encarregados apenas de realizar a triagem do material. Sempre que possível, a SA também desenvolve palestras e outras ações de conscientização com foco em reciclagem e no correto descarte de lixo.

As rotas dos caminhões da coleta seletiva
Rota 01 (segunda-feira) – Jacupemba e Guaraná
Rota 02 (terça-feira) – Vila do Riacho e Barra do Riacho
Rota 03 (quarta-feira) – Coqueiral, Caieiras Velha e Irajá
Rota 04 (quinta-feira) – Santa Rosa, Biriricas, Grapuama, Santa Cruz (inclusive nas aldeias), Itaparica e Rio Preto
Rota 05 (sexta-feira) – Barra do Sahy, Mar Azul, Putiri, Sauê e Praia dos Padres
Rota 06 (segunda-feira) – Cohab IV, Fátima, Primavera, Clemente, Morobá, Nova Conquista, Segatto e Jardins
Rota 07 (terça-feira) – Jequitibá, Novo Jequitibá, Itaputera, Santa Luzia, Bela Vista, Solar Bitti e Valle Verde
Rota 08 (quarta-feira) – De Carli, Vila Rica, Limão I e II
Rota 09 (quinta-feira) – Centro, Polivalente, Baixada Polivalente e Vila Nova
Rota 10 (sexta-feira) – São Marcos, Guanabara, Planalto, Cupido e Guaxindiba

PUBLICIDADE