Chuva forte causa alagamentos e deixa desabrigados em Aracruz

Município está em estado de atenção devido à previsão de novas pancadas de chuva

0
116
No Terminal Rodoviário João Ubaldo do Nascimento, a água subiu cerca de 1 metro. Foto: Reprodução/WhatsApp

Aracruz contabilizou uma série de problemas após fortes chuvas registradas durante a última quinta-feira (2) e ontem (3). Pelo menos 31 pessoas ficaram desabrigadas e foram encaminhadas para uma escola.

De acordo com a Defesa Civil Municipal, na noite de sexta-feira (3), em seis horas, o volume de chuva registrado foi de 126 milímetros, sendo que a previsão era que chovesse cerca de 60 milímetros.

O temporal provocou alagamentos no centro da cidade e nos bairros Polivalente, Morobá e Segatto. Vários moradores perderam móveis e utensílios domésticos, além de mantimentos e roupas.

A rua Índio Carneiro Magalhaes, em frente a Praça Heraldo Barbosa Musso, foi um dos pontos de alagamento. As ruas do entorno do Camelódromo, do Mercado Municipal e da Rodoviária também ficaram debaixo d’água. Estes locais receberam uma força-tarefa de limpeza na manhã deste sábado (4). O serviço, que segue durante este domingo (5), também ocorreu nos bairros afetados.

O município está em estado de atenção devido à previsão de novas pancadas de chuva. A Defesa Civil Municipal orienta a população que se encontra em área de risco que, caso não se sinta segura durante a chuva, procure abrigo em local seguro – a exemplo de casa de parentes – e acione o órgão para avaliação da área. O telefone para contato é o (27) 99963-0321.

Mais orientações
Atenção a sinais, barulhos, estalos ou rachaduras na moradia. Em caso de rachaduras no solo; muros embarrigados; postes, estacas ou árvores inclinadas, saia imediatamente do local;

Motoristas devem redobrar a atenção devido aos alagamentos em vários trechos das rodovias que cortam o município e quedas de árvores nas estradas.

PUBLICIDADE