Cerimônia a distância batiza estátua de Buda em Ibiraçu

Celebração contou com a presença de apenas 20 pessoas

0
122
Vinte monges participaram de cerimônia de batismo espiritual do Buda de Ibiraçu

Segunda maior estátua de Buda no mundo, construída em Ibiraçu, foi batizada e passou a “ter alma”, em cerimônia a distância, intitulada de ‘abertura dos olhos’, comandada direto do Japão pelo líder religioso do budismo, monge Zenji. Por causa da pandemia, a celebração contou com a presença de apenas 20 pessoas, entre monges do Espírito Santo e de outros estados.

A estátua gigante de Buda recebeu um batismo espiritual, de acordo com o fundamento do Budismo. A cerimônia foi realizada no final de dezembro, mas as imagens só foram divulgadas pelo Mosteiro neste mês. De acordo com o abade Daiju Bitti, agora os visitantes poderão realizar suas preces e orações a uma imagem “com alma“.

De acordo com o abade, o Buda capixaba tem 35 metros de altura. Se levar em consideração o pedestal, chega a 38 metros. A estátua é maior do que a do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, que tem 30 metros de altura, desconsiderando o pedestal. O Buda de Ibiraçu é o maior do Ocidente e segundo maior do mundo, perdendo apenas para uma estátua em Hong Kong, que tem 42 metros.

A cerimônia seria realizada presencialmente pelo monge Zenji, líder religioso mundial do Budismo. Mas devido à pandemia do coronavírus, ele não pôde sair do Japão e fez a celebração pela internet. O monge Daiju disse que a estátua tem atraído aproximadamente cinco mil visitantes por semana ao Mosteiro.

PUBLICIDADE