Centro de Hemodiálise de Aracruz terá gestão do Hospital São Camilo

A capacidade total de atendimento do Centro de Hemodiálise será de 45 pacientes por dia, atendidos em 1.014 sessões/mês

0
79
O Centro de Hemodiálise de Aracruz conta com 15 cadeiras. Serão atendidos, em três turnos, 45 pacientes/dia, com 1014 sessões por mês. Foto: Vinícius Gardiman

O Centro de Hemodiálise, localizado na unidade de saúde de Guaxindiba, entregue por emenda do então deputado federal Marcus Vicente, terá gestão assistencial executada e administrada pela Fundação Hospital Maternidade São Camilo, fiscalizada e acompanhada pela secretaria de Saúde da prefeitura de Aracruz.

A emenda destinou R$ 2.047.098,00 para a aquisição dos equipamentos do Centro de Hemodiálise, que trouxe uma nova realidade para os doentes renais crônicos que não precisam mais se deslocar para outro município para realizar seu tratamento. Os atendimentos são feitos de forma ininterrupta de segunda-feira a sábado, mesmo em feriados, e aos domingos, em casos de atendimento de quadro agudo.

“Meu sentimento é de alegria que a nossa emenda está à disposição de todos os doentes renais crônicos de Aracruz e região. Parabéns à população por esta conquista!”, disse Marcus Vicente. Em média, 52 pacientes renais de Aracruz deixarão de viajar para Linhares, Colatina e Vitória para realizar o tratamento, que é um procedimento muito desgastante, já que cada sessão pode durar ate 4 horas e podem chegar até três vezes por semana.

A capacidade total de atendimento do Centro de Hemodiálise será de 45 pacientes por dia, atendidos em 1.014 sessões/mês. O contrato de gestão assistencial tem por objetivo a execução e gerenciamento das atividades e serviços de saúde no Centro de Hemodiálise, para assistir ao portador de Doença Renal Crônica (DRC) e Doença Renal Aguda (DRA), mediante assistência permanente, de forma ininterrupta.

PUBLICIDADE