BR-101 tem aumento de 200 mil veículos pagantes em maio

De 18 de maio de 2014 a 31 de maio de 2020 (seis anos), 153.062.674 veículos diversos pagaram pedágio nas sete praças da rodovia BR-101 no Estado

0
17
Foto: Divulgação/ECO101

Mesmo com os efeitos da pandemia da covid-19, a Concessionária ECO101 registrou um aumento de 204.591 veículos nas sete praças de pedágio da rodovia BR-101, de maio para abril. Foram 1.357.537 veículos pagantes em abril e 1.562.128 veículos em maio, um acréscimo de 87% no volume de tráfego pago no período.

Se forem mesmo verídicos os dados divulgados no site da Concessionária, não há motivo para comemorar, porque os números do tráfego pago estão estáveis desde o início da cobrança, em 18 de maio de 2014, na média de menos de 70 mil veículos diversos pagando a tarifa, por dia. De janeiro a maio de 2020 (151 dias) foram 10.594.839 pagantes (2.118.968 por mês, ou 70.632 por dia, ou 2.943 por hora ou 49 por minuto).

De 18 de maio de 2014 a 31 de maio de 2020 (seis anos), 153.062.674 veículos diversos pagaram pedágio nas sete praças da rodovia BR-101 no Estado. Os dados divulgados no site da Concessionária ECO101 não se alteram, ano a ano, mês a mês. Nos 2.204 dias de cobrança, a média é de 69.448 veículos por dia, 2.894 por hora ou 48 por minuto.

Os números do tráfego pago estão estáveis, praticamente, desde o início da cobrança, em 18 de maio de 2014, dados que já provocaram dúvidas nos deputados estaduais e federais de que exista manipulação de dados para não duplicar trechos com alto índice de veículos, acionando o “gatilho” previsto em contrato, que prevê a duplicação imediata de trechos com alto índice de tráfego, como entre Fundão e Serra, São Mateus e Linhares e Vitória e Cachoeiro de Itapemirim.

Mesmo com 153 milhões de veículos pagando pedágio nos seis anos de concessão, somente 22,3 dos 475,9 quilômetros entre o trevo de acesso a Mucuri, no Sul da Bahia, e a divisa com o Rio de Janeiro foram duplicados: 1,8 km em Anchieta, 2,2 km em João Neiva, 4,5 km em Ibiraçu, 7,8 km em Iconha (contorno) e 6 km em Viana, além da construção de viadutos. Pelo contrato assinado em 2013 com a ANTT, metade da rodovia já deveria ter sido duplicada.

A FOLHA DO LITORAL é o único jornal que divulga mês a mês as tabelas de estatísticas do tráfego pago na BR-101. A ECO101 prometeu, e não cumpriu, entregar mais 30 quilômetros de pistas duplicadas entre Viana, no km 305, e Guarapari, no km 335, o que totalizaria 52,3 km de rodovia até o final de 2019.

2.204 dias de cobrança (18/05/2014 a 31/05/2020)
2014 (18/05 a 31/12 – 227 dias): 16.684.170 veículos
2015 (365 dias): 25.960.951 veículos
2016 (366 dias): 24.301.869 veículos
2017 (365 dias): 24.527.340 veículos
2018 (365 dias): 25.101.761 veículos
2019 (365 dias): 25.891.744 veículos
2020 (151 dias): 10.594.839 veículos

Total em 2.204 dias: 153.062.674 veículos
69.448 veículos/dia
2.894 veículos/hora
48 veículos/minuto

Fonte: site da ECO101

PUBLICIDADE