Bispo eleito da Diocese de Colatina lança brasão episcopal

O lema escolhido por ele foi “Charitas Christi Urget”, do latim, que significa “O amor de Cristo nos impele”

0
28
Atualmente à frente da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em Viçosa (MG), cônego Lauro Sérgio Versiani Barbosa será o 4º bispo da história da Diocese de Colatina. Foto: Reprodução
Foto: Reprodução/Instagram

Monsenhor Lauro Sérgio Versiani Barbosa, bispo eleito da Diocese de Colatina, apresentou o brasão de seu episcopado. O lema escolhido por ele foi “Charitas Christi Urget”, do latim, que significa “O amor de Cristo nos impele”. As características do brasão são:

1) O Sol com a cruz grega cravada ao centro revela a centralidade daquele que é a Luz do mundo (Jo 8,12), que se entregou por amor na cruz (Jo 19,30) e que iluminou e transformou a vida de Paulo no caminho de Damasco (At 9,3). É daqui que tudo parte e para onde tudo se orienta na vida do bispo: o luminoso amor que se deu até a morte na cruz e que, ressuscitado, nos impele a fazer o mesmo. Doar a vida por inteiro no serviço do Evangelho.

2) À esquerda, abaixo do sol, a flor de liz. Convicto da intercessão e proteção da Virgem Maria, a Senhora da Conceição, serva fiel, o bispo confia a ela o seu ministério e a vida de sua Igreja Particular. Ela, que é a Rainha dos Apóstolos e a Mãe da Igreja, é também modelo de discípula atenta à Palavra de Deus. Como recorda a Pastores Gregis: “o Bispo encontrará na santa Mãe de Deus uma mestra na escuta e cumprimento solícito da Palavra de Deus, no discipulado fiel ao único Mestre, na firmeza da fé, na esperança jubilosa e na ardente caridade”.

3) À direita, ao lado da flor de liz, a palavra de Deus perpassada pela espada. Evoca o Apóstolo Paulo, grande missionário e construtor de comunidades eclesiais. Na força da Palavra e no testemunho de vida, o bispo jamais poderá abandonar a pregação da Palavra de Deus (At 6,2). É por meio dela que ele é chamado por Deus a confirmar os irmãos na fé.

4) Abaixo, as montanhas em ouro evocam as origens do bispo: Ouro Preto (MG), cidade pertencente à Arquidiocese de Mariana, a primaz do Estado de Minas Gerais.

5) O chapéu e as franjas são símbolos da dignidade episcopal entendida como serviço à comunidade diocesana, da qual o bispo é pastor. Lembra Jesus Cristo, cabeça da Igreja, seus 12 apóstolos, a sucessão e a colegialidade dos bispos com o Papa.

6) Concluído o escudo temos o lema do bispo: o modo com o qual ele deseja servir a Cristo por meio do ministério que lhe é confiado.

PUBLICIDADE