Bicampeão brasileiro de Enduro FIM, Bruno Crivilin segue para o Six Days

Será a terceira vez consecutiva que o piloto aracruzense participará da prova de enduro mais antiga e tradicional do calendário da FIM

0
116
Este ano, além de bicampeão do Campeonato Brasileiro na categoria Enduro GP, Bruno Crivilin sagrou-se tetracampeão em sua categoria, a E1. Foto: Janjão Santiago/Mundopress

Depois de faturar o bicampeonato na principal categoria do Brasileiro de Enduro FIM, o piloto aracruzense Bruno Crivilin, 22, embarca na próxima segunda-feira 04 para Portugal, onde – integrando a Seleção Brasileira – irá disputar o International Six Days Enduro (ISDE), entre os dias 11 e 16 deste mês.

Será a terceira vez consecutiva que Crivilin participará do ISDE, prova de enduro mais antiga e tradicional do calendário da FIM (Federação Internacional de Motociclismo). Em 2017, quando estreou na competição, o piloto aracruzense conquistou a medalha de ouro. Já no ano passado, ele precisou abandonar a prova por conta de uma lesão no joelho. A expectativa do jovem agora é de voltar a garantir uma boa colocação na disputa, fechando com ‘chave de ouro’ a temporada 2019.

Este ano, além de bicampeão do Campeonato Brasileiro na categoria Enduro GP (que reúne os melhores pilotos), Crivilin sagrou-se tetracampeão em sua categoria, a E1 (para motos de até 250 cilindradas). Isso depois de ficar de fora das duas primeiras etapas da competição devido à recuperação de uma cirurgia no joelho.

“Participei de 12 das 14 etapas do ‘Brasileiro 2019’ e venci 10. Foi um campeonato praticamente perfeito devido às condições em que comecei”, comenta Crivilin, acrescentando que a Honda Racing, equipe que ele passou a integrar este ano, foi primordial para a conquista do bicampeonato na Enduro GP e o tetracampeonato na E1. “Foi fantástico estar com a Honda, tive um aprendizado incrível e uma adaptação muito rápida. Fico muito feliz em compartilhar esses títulos com toda a equipe”, completou o piloto.

Crivilin comemora com a Honda Racing, equipe que ele passou a integrar este ano. Foto: Janjão Santiago/Mundopress

Na próxima temporada, Bruno Crivilin deve seguir integrando o time Honda. As conversas neste sentido estão bem encaminhadas, segundo o piloto, que tem o desejo de voltar a disputar o Campeonato Mundial de Enduro em 2020. Que venham outras conquistas.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui