Aumento de acidentes de trânsito em Aracruz e Região

Para se ter uma ideia, de janeiro a abril deste ano, foram 100 ocorrências com vítimas na área urbana e nas rodovias estaduais que cortam Aracruz e Região, 14 a mais do que no mesmo período do ano passado

0
33
Acidente registrado na rodovia ES-124, altura da localidade de Córrego Fundo, em Aracruz, na última terça-feira 24. Foto: Divulgação/PM

Em meio a mais uma edição do Maio Amarelo, chama a atenção em Aracruz e Região o aumento do número de acidentes de trânsito, justamente o que o movimento busca coibir. Embora venha realizando inúmeras operações, a Seção de Trânsito do 5° Batalhão da Polícia Militar reforça que é preciso consciência e responsabilidade por parte dos condutores.

Para se ter uma ideia, de janeiro a abril deste ano, foram 100 ocorrências com vítimas na área urbana e nas rodovias estaduais que cortam Aracruz e Região, 14 a mais do que no mesmo período do ano passado. Os dados são da Polícia Militar e mostram ainda que três pessoas perderam a vida nos quatro primeiros meses deste ano por meio de acidentes de trânsito, duas a mais do que no primeiro quadrimestre de 2021.

O número de ocorrências de trânsito com e sem vítimas registradas nos pontos monitorados pelo 5° Batalhão em Aracruz, Ibiraçu, Fundão e João Neiva ao longo dos quatro primeiros meses de 2021 se repetiu no mesmo período deste ano: 247, o que reforça a necessidade de conscientização de todos os atores do trânsito.

Nos últimos anos, o mês de maio tem sido utilizado para promover a conscientização da população sobre a adoção de medidas e atitudes visando a redução do número de acidentes de trânsito. A edição 2022 do Maio Amarelo traz como tema ‘Qualquer um pode salvar uma vida’, reforçando a importância do envolvimento da sociedade civil com órgãos públicos e privados, a exemplo do Observatório Nacional de Segurança Viária — responsável pela organização do movimento no Brasil.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui