Aracruz tem a primeira escola indígena com ensino médio

Escola Estadual Indígena de Ensino Médio Aldeia Caieiras Velha é destinada a atender os estudantes indígenas das etnias Guarani e Tupiniquim do município de Aracruz

0
88
Foto: Divulgação

A Escola Estadual Indígena de Ensino Médio Aldeia Caieiras Velha, em Aracruz, será a primeira do Espírito Santo a ofertar ensino médio, em 2020. A secretaria de Educação disponibilizou 138 vagas para matrículas, que estão abertas pela Chamada Pública Escolar até o dia 13 de dezembro.

A escola foi inaugurada no dia 30 de dezembro de 2014, mas não foi aberta de fato. Destinada a atender os estudantes indígenas das etnias Guarani e Tupiniquim do município, a escola disponibilizará, como prevê a legislação, uma organização curricular diferenciada que priorize a cultura, os modos de viver, as tradições e os conhecimentos desses povos em constante diálogo com os conteúdos previstos na Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

A abertura da escola indígena de ensino médio é importante para a garantia dos direitos de um ensino de qualidade e com equidade para os estudantes indígenas que, atualmente, são atendidos apenas no ensino fundamental quanto à Educação Escolar Indígena. Para realizar a pré-matrícula, é necessário acessar o site da Sedu com o número de CPF do aluno – se for maior de idade, ou do responsável, se o estudante for menor de idade – para que seja gerado o login de acesso ao sistema. Além disso, é preciso ter em mãos documentos pessoais do aluno, nome e CPF do pai e da mãe e do estudante, bem como o endereço da residência do aluno.

PUBLICIDADE