Aracruz tem 11 candidatos a vereadores com registro indeferido

Com sete renúncias e os 11 indeferimentos, são agora 284 candidatos às 17 vagas do Legislativo Municipal, média de 16,7 postulantes por vaga

0
537
Urna eletrônica. Foto: Divulgação

Por ausência de requisito de registro, 11 candidaturas a vereadores foram indeferidas pela Justiça Eleitoral em Aracruz. Pelo mesmo motivo, outros cinco candidatos também estão com o pedido de registro julgado indeferido, no entanto, há recurso interposto contra essa decisão e eles aguardam julgamento por instância superior.

De acordo com o sistema DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tiveram as candidaturas indeferidas: Cristiano Só Alegria e Dedéu do Itaputera, da REDE; Daiane Bragatto e Patrícia Santos, do Podemos; Fabíola Kelly e Marileda Conceição, do PSD; José Luiz Borges e Marcelo Pajehú, do PRTB; Mazinho da Grama, do PT; Robinho, do Solidariedade; e Tiago da Vila, do PC do B. Já Agostinho Antunes e Alda da Feirinha, do PC do B; Lúcio Filho, do PSL; Marreta, do PSD; e Waldir da Portelinha, do Solidariedade, tiveram as candidaturas indeferidas com recurso.

Ainda de acordo com o Divulgacand, Robinho foi substituído por Thamyrys Viana (Solidariedade), que aguarda julgamento. Com sete renúncias e os 11 indeferimentos, são agora 284 candidatos (190 homens e 94 mulheres) às 17 vagas do Legislativo Municipal, média de 16,7 postulantes por vaga. Do total, 279 tiveram as candidaturas deferidas e cinco aguardam julgamento após o indeferimento com recurso.

PUBLICIDADE